Ministério do Esporte Instituto Joaquim Cruz desenvolve ações com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Instituto Joaquim Cruz desenvolve ações com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte

O brasiliense e recordista mundial, nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, Joaquim Cruz, aproveitou sua experiência e sucesso no atletismo para realizar um de seus sonhos: ajudar jovens carentes do Distrito Federal a desenvolver suas habilidades esportivas. A concretização desse sonho veio com a criação do Instituto Joaquim Cruz (IJC), que desenvolve, com recursos captados por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, o Programa Rumo ao Pódio Olímpico, que hoje prepara 30 jovens, da cidade-satélite de Ceilândia, com o objetivo de levá-los para os Jogos Olímpicos em 2020.  

O programa tem como missão selecionar e treinar jovens e adolescentes, com idade entre 15 e 21 anos, a maioria de escolas públicas, e prepará-los nestes sete anos. Para o diretor executivo do Instituto, Ricardo Vidal, a intenção é que a iniciativa continue após os jogos, dando oportunidade a outros jovens. "Queremos criar a cultura dessas provas do atletismo em Brasília", afirmou Vidal.

"A Lei de Incentivo nos deu muita visibilidade, nenhum outro clube tem dado esse apoio. Quando participamos das competições as pessoas ficam maravilhadas como está sendo trabalhado o programa. A lei tem dado todo o suporte e amparo ao programa, além de dar tranquilidade aos atletas que recebem uma bolsa no valor de R$ 900,00, mais auxílio transporte e auxílio-alimentação", ressaltou Luís Carlos Santana, coordenador-técnico.

Segundo Santana, o programa apoia atletas fundistas do atletismo, dando-os condições adequadas de treinamento, preparação e competição. "Com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte, eles recebem apoio psicológico e social completo, o que os tornam maduros para enfrentar as competições, além do apoio da família que é primordial", conclui o coordenador.


Os frutos desse trabalho já estão sendo comprovados com o desempenho dos atletas do Instituto, quatro deles estão classificados entre os dez melhores no ranking brasileiro de atletismo: Matheus Américo, 17 anos, é vice-campeão brasileiro na prova dos 800 m, com o tempo de 1m54s91; Pablo Estevan, 17 anos, é 5º lugar, também nos 800 m, com 1m57s85; Caroline Emanuele Martins, 16 anos, 5º lugar, na mesma prova, com 2m25s89 e Selene Ribeiro, 16 anos, 6º lugar, na prova de 1.500 m, com 5m13s08.

Os quatro atletas viajam para São Paulo, nesta quinta-feira (15.08), para representar a capital federal no Campeonato Estadual de Atletismo Juvenil, que acontece nos dias 17 e 18 de agosto.

Desde a criação da Lei, o Instituto Joaquim Cruz já desenvolveu outros projetos, como o Esporte e Cidadania, que atendeu 200 crianças e adolescentes por 12 meses com aulas de atletismo e oficinas pedagógicas.

Cleide Passos
Foto: Divulgação
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla