Ministério do Esporte Lei de Incentivo ao Esporte favorece a prática de futebol em Araxá (MG)
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Lei de Incentivo ao Esporte favorece a prática de futebol em Araxá (MG)

O "Base para a Formação Esportiva" é um projeto do Araxá Esporte Clube, em Minas Gerais, que vai entrar no quarto ano de execução com a ajuda da Lei de Incentivo ao Esporte. A iniciativa leva a prática do futebol a 390 crianças e adolescentes, de 11 a 19 anos, e conta com mais de 50 funcionários e estagiários. Há ainda um time de futebol, o que permite a participação dos jovens em campeonatos.

O projeto é patrocinado pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração, o maior fabricante mundial de ferro nióbio standard usado para ligas de alta densidade. Os produtos são vendidos principalmente para os continentes europeu e asiático. Dailsom Lettieri, presidente do Araxá Esporte Clube, explica que o Base para a Formação Esportiva merece ser patrocinado por haver uma execução séria e responsável, assim como o compromisso de atingir todas as metas descritas no projeto.

Lettieri ressalta também a inclusão social dos jovens. Uma vez tirados das ruas, eles têm a oportunidade de se tornar grandes homens e atletas de alto nível, não só do Araxá Esporte Clube como também de outros clubes do futebol brasileiro. Sabendo da necessidade que os atletas têm, o projeto oferece aos jovens efetivados benefícios nas áreas de saúde, educação, técnica, social e psicológica, além de bolsa-auxílio, material esportivo, transporte e alimentação.

Convívio
"É visível a alegria nos treinamentos e jogos. A participação dos pais em eventos e o bom relacionamento que impera no projeto são indicadores de que o convívio entre eles e a comunidade têm apresentado resultados positivos. Essa visualização se torna ainda mais clara quando nos valemos de alguns exemplos individuais de jovens, problemáticos e agressivos no início do projeto, que se tornaram colaborativos", explica o presidente.

Edna de Fátima Costa Silva é mãe do jovem Germano, que participa há três anos da iniciativa. De acordo com ela, é evidente o amadurecimento do filho desde que ele começou a treinar e a viajar para competir. "É importante que os jovens estejam engajados no esporte, pois ele dá determinação para insistirem naquilo que eles mais querem", define Edna.

Sarentaty Inês
Foto: Divulgação/Ascom AEC
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla