Ministério do Esporte Feira de Agricultura Tradicional expõe alimentos durante os Jogos Indígenas
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Feira de Agricultura Tradicional expõe alimentos durante os Jogos Indígenas

 

A 12ª edição dos Jogos dos Povos Indígenas, que está sendo realizada em Cuiabá, vai além das competições e das apresentações culturais que sempre ocorrem durante o evento. Os participantes foram contemplados com a primeira Feira Nacional de Agricultura Tradicional Indígena, uma forma de garantir a segurança alimentar e a saúde dos atletas, que durante nove dias disputam modalidades como futebol, cabo de força, corrida e canoagem, além de enfrentar as condições climáticas (calor e umidade) da capital mato-grossense.

Os indígenas têm a oportunidade de conhecer melhor as técnicas da produção extrativista e se aproximar das políticas públicas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PA) do governo federal – parceria dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Desenvolvimento e Combate à Fome (MDS) e da Conab. O governo subsidia a compra para ajudar as crianças das escolas das aldeias indígenas.

A Feira de Agricultura Tradicional reúne estandes de 15 etnias que expõem produtos alimentares e medicinais típicos de suas culturas. Organizada pelo MDA, pela Embrapa e pela Funai, a feira oferece alimentos produzidos por aldeias como Tupinambá, Krahô e Terena.

No estande da etnia Tupinambá, da região de Olivença (Sul da Bahia), podem ser encontrados o chocolate orgânico e a farinha de mandioca produzidos pelos indígenas, além do cacau e da água de coco. Se o atleta tiver algum problema de estafa, ele encontra na barraca dos Terenas alimentos que vão lhe dar energia para enfrentar as competições. Outro produto bastante comercializado na feira é o rapé, para dor de cabeça e sinusite, que pode ser encontrado em diversos aromas, como menta e canela.

Cleide Passos, de Cuiabá
Foto: Francisco Medeiros
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla