Ministério do Esporte Sucesso da campanha pela paz nos estádios durante a Copa América é comemorado pelo governo federal
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Sucesso da campanha pela paz nos estádios durante a Copa América é comemorado pelo governo federal

Foi em clima de paz que quase 70 mil torcedores, oriundos de diversos países da América do Sul, encontraram-se no último domingo (07.07) para acompanhar Brasil x Peru na partida final da Copa América 2019, realizada no Maracanã, no Rio de Janeiro. Satisfeitos com os resultados da campanha organizada pelo Ministério da Cidadania para conscientização pela paz nos estádios, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, o secretário especial do Esporte, Décio Brasil, e o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Ronaldo Lima, estiveram presentes à decisão, vencida pelo Brasil por 3 x 1, como integrantes da comitiva presidencial.

O secretário Ronaldo Lima e o secretário especial Décio Brasil. Foto: Adalberto Scigliano/Ministério da Cidadania O secretário Ronaldo Lima e o secretário especial Décio Brasil. Foto: Adalberto Scigliano/Ministério da Cidadania

"Graças à união e à participação de uma série de órgãos federais e estaduais juntamente com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), a Copa América servirá de exemplo de cidadania, organização e segurança para muitos eventos nacionais e internacionais. Nós, do Ministério da Cidadania, estamos felizes com a ausência de episódios de violência em todas as 24 partidas realizadas. Nossa campanha pela paz nos estádios seguirá em outras competições, pois o objetivo é de conscientizar cada vez mais os torcedores de que apenas a paixão pelo esporte e a beleza do espetáculo devem entrar em campo” comentou o secretário especial do Esporte.

Informações divulgadas pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, e pelo diretor de Competições de Seleções da Conmebol, Hugo Figueredo, confirmam as palavras do secretário Décio Brasil: “É um balanço positivo para nós o fato de não termos nenhum inconveniente nas partidas. Foram jogos competitivos, mas sem nenhum incidente fora de campo. Tivemos disputas como Uruguai x Chile e Brasil x Argentina, partidas normalmente dignas de uma final, sem nenhum incidente”, disse Hugo Figueiredo à Agência Brasil.

Em sua conta pessoal no Twitter, o ministro Sergio Moro parabenizou a seleção e a organização do evento: “Parabéns, Brasil, vitória dentro de campo e também fora. Copa América sem incidentes de violência em todo o período”, escreveu o ministro.

Para o secretário Ronaldo Lima, o vídeo institucional produzido pela Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial do Esporte, estrelado por diversos ídolos do futebol latino, contribuiu para a torcida se inspirar nas mensagens de paz que os ex-jogadores gravaram de forma gratuita. "Vimos a seleção peruana ser respeitada e aplaudida pelos torcedores brasileiros durante a partida e a premiação. Isso nos parece um sinal claro de que os torcedores brasileiros começam a se conscientizar de que a rivalidade deve ser trocada pela competitividade, e por apenas 90 minutos."

O resultado não poderia ter sido diferente. Mesmo com a derrota por 3 x 1, várias imagens mostram que a torcida peruana continuou com sua festa nas arquibancadas e nos acessos ao estádio. "É gratificante vermos tantas demonstrações de harmonia entre torcidas historicamente rivais. Acreditamos que é possível, sim, mudar a atitude e o pensamento daquela parcela de torcedores que vai aos estádios para promover a violência. Por isso, a Secretaria Especial do Esporte e o Ministério da Cidadania continuarão investindo e desenvolvendo ações que atuem na conscientização e no combate à violência dentro e fora dos estádios", concluiu Ronaldo Lima.

Adalberto Scigliano - Ministério da Cidadania

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla