Ministério do Esporte Ex-técnico da Seleção Brasileira feminina, Kleiton Lima integra-se à Secretaria Nacional de Futebol
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações:  (61) 3217-1875E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ex-técnico da Seleção Brasileira feminina, Kleiton Lima integra-se à Secretaria Nacional de Futebol

O ex-técnico da Seleção Brasileira feminina de futebol Kleiton Lima acaba de voltar dos Estados unidos para compor a equipe da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor (SNFDT). O profissional, que possui larga experiência na formação e treinamento de atletas tanto femininas quanto masculinos, volta ao Brasil após uma temporada como treinador do Chicago Soccer, em Illinois. Empossado na última quarta-feira (26.06) como assessor especial da SNFDT, Kleiton aceitou o convite do Secretário Nacional Ronaldo Lima para coordenar um grande projeto de desenvolvimento do futebol feminino. 

Kleiton Lima. Foto: Monique Damasio/ Ministério da CidadaniaKleiton Lima. Foto: Monique Damasio/ Ministério da Cidadania

Formado em direito e educação Física, Kleiton Lima iniciou sua carreira como jogador nas categorias de base do Santos e lá se profissionalizou poucos anos mais tarde. Em 1994, com apenas 20 anos, o jogador foi convidado a jogar pelo San Francisco United Soccer, dos Estados Unidos, onde conquistou o campeonato californiano de futebol. No ano seguinte, já de volta ao Brasil, fundou a primeira escolinha especializada em futebol feminino da baixada santista. A experiência rendeu, em 1997, um convite do Santos FC para dirigir a equipe de futebol feminino do clube, onde permaneceu como treinador por 14 anos. Neste período, o já experiente treinador conquistou mais de 20 títulos nacionais e internacionais, com destaque para os bicampeonatos da Copa Libertadores da América e da Copa do Brasil. 

Kleiton Lima e Marta. Foto: CBF/DivulgaçãoKleiton Lima e Marta. Foto: CBF/Divulgação

Em 2007 que Kleiton Lima assumiu um de seus maiores desafios profissionais: treinar a Seleção Brasileira Sub-20 de futebol feminino. Com o time, venceu o Campeonato Sul-Americano Sub-20 e o sucesso no torneio levou, em 2008, à sua promoção para técnico da Seleção Brasileira de futebol feminino principal.

No comando da seleção feminina profissional, Kleiton registrou outros grandes êxitos: foi campeão da Copa América, do Torneio Internacional de Seleções e Campeão Sul-Americano, quando conquistou a classificação do time para a Copa do Mundo de 2011 e para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Soma-se a isso a conquista da medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara 2011.

Após a vitoriosa passagem pela Seleção Brasileira, em 2011 Kleiton Lima foi convidado a dirigir a equipe do Bangu AC pelo Campeonato Carioca (1º semestre) e a equipe do Vitória-PE, pela Copa do Brasil (2º semestre), onde conquistou o vice-campeonato da Copa do Brasil. Um ano mais tarde, em 2012, o treinador assumiria mais 3 desafios: treinar a equipe profissional masculina do Red Bull Brasil durante o Campeonato Paulista da Série A2; o São Caetano, pelo Campeonato Brasileiro da Série B; e o Sport, no Campeonato Brasileiro da Série A. 

Em 2013 vieram novos desafios: foi técnico do XV de Piracicaba durante o Campeonato Paulista da Série A1 e do Sport Recife, onde chegou ao vice-campeonato pernambucano. Em 2014, ainda comandou o Grêmio Barueri no Campeonato Paulista da Série A2.

Mas foi em 2015 que Kleiton acertou seu retorno ao Santos, com a missão de comandar o time masculino sub-23, que posteriormente passou a ser chamado de Santos “B”, onde contribuiu para a transição de diversos jogadores que hoje são protagonistas em vários clubes no Brasil e cenário internacional.

À frente de um ambicioso projeto para estruturação e desenvolvimento de futebol feminino, o assessor especial mostra que tem pressa: “Acredito que a experiência e a visão adquiridas com as distintas realidades das categorias de base e profissionais, assim como dos times masculinos e femininos, contribuirão para o entendimento de como o futebol feminino poderá evoluir ainda mais nos próximos anos".

Kleiton mediou nesta sexta-feira (28.06) a primeira ação nesse sentido. A SNFDT inaugurou um ciclo de palestras sobre o futuro e os desafios do futebol feminino. Batizado de “Futebol e Debate”, o projeto tem por objetivo discutir o universo e a realidade da modalidade no Brasil e no mundo, sob o ponto de vista de quem mais entende do assunto. "Para isso, convidamos técnicos, ex-jogadoras, especialistas e a sociedade em geral para discutir o tema, pois queremos construir algo definitivamente sólido para o crescimento do futebol feminino“, encerrou Kleiton Lima.

 

Adalberto Scigliano – Ministério da Cidadania  

 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla