Ministério do Esporte Com inauguração de centro esportivo em Pinhais (PR), governo federal reforça investimento prioritário nos municípios
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Com inauguração de centro esportivo em Pinhais (PR), governo federal reforça investimento prioritário nos municípios

Secretário especial do Esporte, Marco Aurélio Vieira, e prefeita Marli Paulino na inauguração do CIE de Pinhais (Foto: Francisco Medeiros/Ministério da Cidadania)Secretário especial do Esporte, Marco Aurélio Vieira, e prefeita Marli Paulino na inauguração do CIE de Pinhais (Foto: Francisco Medeiros/Ministério da Cidadania)

A cidade de Pinhais (PR), na região metropolitana de Curitiba, recebeu neste domingo (24.03) o 19º Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) entregue pelo governo federal em todo o país. O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Vieira, participou da inauguração da unidade, a sexta do Paraná. A inauguração fez parte das comemorações pelos 27 anos do município de Pinhais. As festividades, que começaram no dia 20, data do aniversário, incluíram um passeio ciclístico com chegada no estacionamento em frente ao CIE.

O ginásio poliesportivo pode atender até 13 modalidades olímpicas (atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton, levantamento de peso e tênis de mesa), seis paralímpicas (esgrima em cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball) e uma não-olímpica (futsal). O governo federal investiu R$ 3,4 milhões na estrutura. A prefeitura de Pinhais ainda construiu na área externa do CIE quadra esportiva, campo de futebol de areia e academia ao ar livre.

O secretário Marco Aurélio Vieira destacou em seu discurso que o Brasil vive uma mudança de conceito no investimento de recursos públicos: “É com a emoção de ex-atleta e de professor de educação física que venho a um município do interior do Brasil inaugurar uma instalação desta dimensão. Falo em nome do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da Cidadania, Osmar Terra, que têm defendido uma inversão na pirâmide de investimentos, hoje muito concentrada em recursos na área federal. O espaço municipal precisa receber a atenção merecida. E Pinhais pode ser usada como modelo”.

Foto: Paulo Rossi/Ministério da CidadaniaFoto: Paulo Rossi/Ministério da Cidadania

As inscrições para o CIE de Pinhais são gratuitas. No local também serão realizadas competições esportivas municipais, como Copa de Futsal, Basquete 3x3, Copa de Vôlei e Jogos Intercolegiais. A prefeita Marli Paulino lembrou ser ela própria atleta amadora, participante de corridas de rua: “O esporte vem trazer saúde para a população. As pessoas farão bom uso deste centro, cuidarão dos filhos, dos jovens. Este espaço foi construído para a comunidade de Pinhais”.

Legado nacional
Os CIEs constituem o maior projeto de legado nacional de infraestrutura esportiva dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O programa conta com 132 contratos ativos, em 131 municípios distribuídos em todas as regiões brasileiras. O investimento do governo federal é da ordem de R$ 471,3 milhões. Com 19 unidades já inauguradas, há previsão de entrega de outras 15 ainda neste semestre.

O CIE de Pinhais é o sexto inaugurado no estado do Paraná, que contará ao todo com 12 unidades, num investimento federal de R$ 45,5 milhões. Foram entregues antes as instalações de Maringá, Arapongas, Curitiba (duas unidades) e Cascavel. Mais três centros devem ser inaugurados ainda neste semestre, em Ponta Grossa, Guarapuava e Apucarana.

Paulo Rossi – Ministério da Cidadania, de Pinhais (PR)

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla