Ministério do Esporte Nota de pesar pela morte do campeão do mundo Coutinho
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Nota de pesar pela morte do campeão do mundo Coutinho

O esporte brasileiro e nosso futebol, em especial, perderam, na noite desta segunda-feira (11.03), um ícone dos gramados. Coutinho, ídolo do Santos e campeão mundial com a Seleção no Chile, em 1962, entre outras conquistas, faleceu aos 75 anos.

Natural de Piracicaba (SP) e batizado Antônio Wilson Honório, Coutinho estreou no Santos aos 14 anos, feito que o transformou no mais jovem jogador a atuar no time profissional paulista.

A partir daí, trilhou uma carreira brilhante, tanto no Santos quanto na Seleção. Ao lado de Pelé, ajudou a construir a glória do time da Vila Belmiro. Marcou 368 gols, tornando-se o terceiro maior artilheiro santista, atrás apenas de Pepe e de Pelé.

Pelo Santos, conquistou cinco títulos brasileiros, duas Libertadores e dois Campeonatos Mundiais. Esses troféus, somados ao triunfo na Copa do Mundo do Chile, em 1962, faz de Coutinho um dos jogadores mais vitoriosos de nosso futebol.

A Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania lamenta profundamente a perda de Coutinho. Registramos aqui nossa solidariedade aos familiares e aos amigos deste brasileiro especial, que tantas alegrias nos deu com seu talento em campo.

Marco Aurélio Vieira
Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla