Ministério do Esporte Secretário Marco Aurélio Vieira e presidente da CBCa debatem utilização de Legado Olímpico
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Secretário Marco Aurélio Vieira e presidente da CBCa debatem utilização de Legado Olímpico

Foto: Francisco Medeiros/ Ministério da CidadaniaFoto: Francisco Medeiros/ Ministério da Cidadania

O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Vieira, recebeu o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini, nesta quinta-feira (07.03), em Brasília. Na pauta da reunião, eles debateram a utilização dos canais de canoagem slalom do Parque Radical de Deodoro, no Rio de Janeiro, e da Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu (PR).

“A seleção brasileira de canoagem já participou de períodos de treinamentos no Parque de Deodoro após os Jogos Olímpicos do Rio 2016. A estrutura já acolheu os campeonatos Pan-Americanos e Sul-Americano da modalidade, além do Campeonato Mundial de Canoagem Slalom 2018. Temos programados ainda o campeonato classificatório para Tóquio 2020 na estrutura, no ano que vem”, citou Tomasini.

Foto: Francisco Medeiros/ Ministério da CidadaniaFoto: Francisco Medeiros/ Ministério da Cidadania

O secretário Marco Aurélio Vieira destacou o funcionamento e a utilização das instalações olímpicas na capital fluminense. “Nós temos mais de 80% de toda a estrutura do Legado Olímpico do Rio 2016 em funcionamento. Atualmente, temos a circulação de mais de 20 mil pessoas por mês no Parque Olímpico da Barra. A nossa meta é manter as estruturas e melhorar”, informou secretário.

A importância do Parque Radical de Deodoro na preparação dos atletas brasileiros para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 também foi reforçada durante o encontro. “Temos projeto para tornar o Parque Radical completo, atendendo também a outros esportes, como a escalada e o skate, além da canoagem slalom e o ciclismo BMX que já contam com estrutura. A pista de canoagem slalom de Tóquio é similar à do Rio de Janeiro e os atletas brasileiros têm todas as condições de treinar em casa”, acrescentou Tomasini.

Durante a reunião, o presidente da CBCa apresentou o projeto piloto no Posto Leonardo, no Parque Nacional do Xingu, que visa atender a comunidade indígena com as modalidades de canoagem, tiro com arco e wrestling. “O Xingu já tem 12 barcos patrocinados pelo BNDES por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. A nossa intenção é fazer com que esse projeto piloto esteja funcionando plenamente. Eles contam também com um tatame de luta e a prática do tiro com arco”.

Segundo o secretário Marco Aurélio, o projeto pode ser reforçado com o envolvimento de outras áreas do Ministério da Cidadania. “Podemos unir no projeto do Xingu, além do Esporte, a parte de Cultura e a do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, para atender os indígenas em todas as áreas”, acrescentou.

Breno Barros - Ministério da Cidadania
 

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla