Ministério do Esporte Ministério, Secretaria de Educação e UFF lançam programa para jovens em vulnerabilidade social no Rio
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ministério, Secretaria de Educação e UFF lançam programa para jovens em vulnerabilidade social no Rio

O Ministério do Esporte, a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro e a Universidade Federal Fluminense (UFF) lançaram, nesta quarta-feira (19.04), na Ilha do Governador, o projeto Esporte e Cidadania para Todos, destinado às crianças, adolescentes e jovens em vulnerabilidade social em municípios do Estado do Rio de Janeiro.

Foto: Rafael Brais/MEFoto: Rafael Brais/ME

A iniciativa será desenvolvida em 56 núcleos de esporte educacional, contemplando diferentes modalidades esportivas como futsal, futebol, judô, jiu jitsu, vôlei, handebol, basquete e capoeira. O projeto visa atender cerca de 5,6 mil jovens na faixa etária de 6 a 21 anos, de forma a contribuir com a formação integral e com a construção de um legado social dos Jogos Rio 2016.

Secretário Leandro Fróes. Foto: Marcia Costa/SeeducRJSecretário Leandro Fróes. Foto: Marcia Costa/SeeducRJDurante a solenidade de lançamento, o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social do Ministério do Esporte, Leandro Fróes, afirmou que o sucesso do Esporte e Cidadania para Todos depende muito da dedicação dos profissionais envolvidos e da receptividade dos jovens beneficiados. "Esse projeto será vitorioso ou derrotado pela dedicação, empenho e entrega de cada um dos profissionais que trabalharem nele. Tenho certeza de que a UFF tem sido criteriosa em na escolha dessas pessoas", disse Fróes. "O caminho é possível e vai depender um pouco de cada um de nós e muito dos jovens que vamos procurar apoiar. A entrega dos senhores a esse projeto será determinante para o resultado na vida desses jovens", acrescentou.

 

A primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro, Maria Lúcia Cautieiro Horta Jardim, também destacou a importância de se oferecer oportunidades para que a juventude escolha o melhor caminho. "Tem um dado que sempre repito: 85% das crianças que frequentam as creches não abandonam o ensino fundamental. Nós somos o que somos pela nossa educação e formação. Portanto, com oportunidades essas crianças vão mudar. Tenho certeza que esse projeto será exitoso", comentou.

A solenidade contou ainda com a presença do secretário estadual de Educação, Wagner Victer; do diretor-geral do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase/RJ), Alexandre Azevedo; do pró-reitor da UFF, Jailton Gonçalves.

Socioeducativo

Nove núcleos serão desenvolvidos dentro de Unidades de Medidas Socioeducativas de Internação e Semiliberdade do Degase. Serão propostas cinco turmas de 15 adolescentes por núcleo, beneficiando cerca de 75 adolescentes em lutas ou artes marciais e 75 adolescentes nos esportes coletivos e individuais, totalizando cerca de 150 beneficiados em cada unidade.

Para o diretor-geral do Degase, Alexandre Azevedo, o projeto vai conseguir fortalecer o processo socioeducativo oferecido pelo departamento. "A parte da cognição, do ensino profissionalizante, da educação é a base e são extremamente importantes. Mas o que desperta o jovem para uma nova vida, para um novo pensar, é o esporte, a arte e a cultura. Para a gente, isso é um sonho que se iniciou há anos e essa é a cereja que você espera a vida inteira", comemorou.

Azevedo lembrou ainda que, inicialmente, três núcleos do Degase estavam previstos na proposta. Mas, graças a seu pedido e à sensibilidade do Ministério do Esporte, isso mudou. "Falei com o secretário Leandro e ele pediu alguns minutos. Depois, garantiu que as nove unidades do DEGASE seriam contempladas", relembrou.

Para o secretário, a explicação de Azevedo convenceu da importância de tal ampliação. "O Alexandre me disse que eles têm nove unidades e que os jovens só teriam acesso a benefícios sociais com ações ‘intramuro’ nas unidades. Ali ele já me convenceu. E eu precisava convencer a área técnica, a UFF, que foi muito gentil em atender, e resolver a questão orçamentária. E então, garantimos as nove unidades", detalhou.

Orçamento

Para implementação da parceria, o ministério será responsável pela descentralização de créditos no montante de R$ 9.175.784,12.

Rafael Brais - Ministério do Esporte
 

 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla