Ministério do Esporte Maratonas Aquáticas passam por um momento de crescimento no Brasil
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Maratonas Aquáticas passam por um momento de crescimento no Brasil

DivulgaçãoDivulgação
O presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos, Sérgio Silva, não esconde. As maratonas aquáticas são o ponto forte da sua entidade. O esporte que pode ser disputado em lagoas, rios, mares, represas, raias de remo e onde mais não existam as quatro bordas que delimitam uma piscina olímpica, arrebata os corações de praticantes fiéis e apaixonados e se revela uma fonte não apenas de recursos, mas de incentivo à prática esportiva, iniciação e revelação de talentos. 
 
As competições em Inema, na Base Naval de Aratu, encerraram, no sábado, 22/10, o Campeonato Brasileiro e ano das maratonas aquáticas no país que possui dimensões de um continente. O Brasil teve um vitorioso ciclo olímpico, com o título e o pódio do do circuito mundial da Federação Internacional, medalhas em todos os campeonatos mundiais do período, sendo que em 2013 ainda ganhou o troféu de país campeão e, este ano, a medalha olímpica de bronze de Poliana Okimoto premiou o esforço da atleta e também o trabalho desenvolvido pela modalidade. Além dos investimentos em treinamentos e equipe, aconteceram os investimentos em equipamentos e capacitação.
 
Atenta há anos ao grande potencial deste esporte no país de dimensões continentais, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos faz projetos que permitem envio de material para as Federações via duas fontes de verbas: Siconv (Sistema de Convênio) e Lei de Incentivo ao Esporte, programa do Ministério do Esporte. 
 
A entidade elabora, capta, executa e presta contas desses projetos cujo objetivo é dar condições para que a modalidade realize seus eventos. A CBDA segue critérios rígidos e determinados pelas leis de incentivos para as doação. A supervisora de maratonas aquáticas, Christiane Fanzeres, explica.
 
DivulgaçãoDivulgação
 
"As federações possuem material próprio, mas queremos difundir o esporte e o material é muito importante. Não adianta termos um kit de coisas, chegar, montar um evento e trazer de volta. É importante que fique para que a entidade possa usufruir localmente. No entanto, somos exigidos pelos critérios. Um bom exemplo foram botes que conseguimos com verba do SICONV. As Federações da Bahia e de Santa Catarina foram as contempladas e a definição dessas federações foi porque são fortemente atuantes na modalidade, com capacidade técnica comprovada na realização de eventos por anos, com pessoal responsável e espaço adequado para a guarda e manutenção desse material, além da realização de circuito regional".
 
O investimento em equipamento não é ao acaso. Em 2009 o departamento de maratonas da CBDA enviou um formulário às federações para que apontassem às principais necessidades e dificuldades. "Preparamos um questionário para as Federações perguntando exatamente isso: tem circuito local, não tem? Se tem, em quantas etapas são realizados e com quantos participantes? Tem interesse em difundir mais as maratonas? Quais seriam os prós e contras de serem organizados eventos de maratonas aquáticas na sua região e quais os principais obstáculos que os Presidentes identificavam nas suas regiões? Todos os que responderam citaram que o maior problema era a falta de equipamentos. Esse foi o ponto no qual baseamos nossos projetos de fomento e desenvolvimento. Temos critérios justificados e planejamento", informou Christiane.
 
Fonte: CBDA
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla