Ministério do Esporte Thiago Braz concorre a prêmio de atleta do ano contra Usain Bolt e Mo Farah
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Thiago Braz concorre a prêmio de atleta do ano contra Usain Bolt e Mo Farah

Getty ImagesGetty Images
Campeão e recordista olímpico no salto com vara nos Jogos Rio 2016, o brasileiro Thiago Braz segue brilhando na temporada. Nesta terça-feira (18.10), ele foi um dos 10 nomeados pela Associação Internacional da Federações de Atletismo (IAAF, em inglês) para concorrer ao prêmio de Atleta do Ano. Com isso, Thiago entra na briga pela honraria contra nomes consagrados da modalidade, como o jamaicano Usain Bolt e o britânico Mo Farah.
 
Todos os atletas selecionados pela IAAF foram campeões olímpicos no Rio 2016. A votação levara em consideração as opiniões do Conselho da IAAF, da Família IAAF e do público, que poderá votar pelas redes sociais da entidade. Em 1º de novembro, três finalistas serão anunciados. O vencedor do prêmio será conhecido em 2 de dezembro, na noite de premiação da IAAF.
 
Cada voto terá um peso na decisão. Enquanto o Conselho da entidade vai contar para 50% do resultado, os outros 50% serão divididos entre a Família IAAF, que engloba membros das federações, diretores, embaixadores, atletas, parceiros e imprensa, e a votação popular.
 
Entre as mulheres, nove das nomeadas foram campeãs olímpicas no Rio 2016, com destaque para Almaz Ayana, da Etiópia, responsável pelo único ouro do país nos Jogos e nova recordista mundial dos 10.000m rasos, e Caster Semenya, campeã olímpica nos 800m rasos. A única atleta que concorre ao prêmio e não esteve no Rio de Janeiro é Kendra Harrison, dos Estados Unidos, que quebrou o recorde mundial dos 100m com barreiras em 2016.
 
Confira as listas completas de nomeados
 
Homens
Usain Bolt (Jamaica)
Thiago Braz (Brasil)
Ashton Eaton (Estados Unidos)
Mo Farah (Grã-Bretanha)
Eliud Kipchoge (Quênia)
Conseslus Kipruto (Quênia)
Omar McLeod (Jamaica)
David Rudisha (Quênia)
Christian Taylor (Estados Unidos)
Wayde van Niekerk (África do Sul)
 
Mulheres
Almaz Ayana (Etiópia)
Ruth Beitia (Espanha)
Vivian Cheruiyot (Quênia)
Kendra Harrison (Estado Unidos)
Caterine Ibarguen (Colômbia)
Ruth Jebet (Bahrein)
Sandra Perkovic (Croácia)
Caster Semenya (África do Sul)
Elaine Thompson (Jamaica)
Anita Wlodarczyk (Polônia)
 
Ascom Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla