Ministério do Esporte Poliana Okimoto conquista bronze e é vice-campeã do circuito mundial de maratonas aquáticas
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Poliana Okimoto conquista bronze e é vice-campeã do circuito mundial de maratonas aquáticas

Em mais uma conquista para o Brasil, o que torna ainda mais especial o histórico ano de 2016, Poliana Okimoto garantiu a medalha de bronze e o vice-campeonato do Circuito Mundial da FINA, com 74 pontos. A última etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, disputada na madrugada deste sábado, dia 15/10, em Hong Kong, deu a brasileira além da medalha de bronze da prova, a segunda maior pontuação no Circuito Mundial. Veja abaixo os resultados da brasileira no Circuito. 
 
Ana Marcela Cunha ficou na quarta colocação, com 2h17m29s6. Paulista, de 33 anos, Poliana Okimoto, que conquistou a única medalha Olímpica dos Esportes Aquáticos do Brasil, nos Jogos Rio 2016, garantiu a terceira colocação em Hong Kong, ao terminar o percurso de dez quilômetros, em 2h17m28s2, mesma marca que a segunda colocada, Arianna Bridi, da Itália. Poliana já conquistou o título do Circuito Mundial em 2009 e a terceira colocação da competição em 2007. 
 
No masculino, em uma prova muito disputada e com chegada emocionante, também foi definida na batida de mão. Os brasileiros Allan do Carmo e Diogo Villarinho, com 2h10m29s3 e 2h10m29s4, terminaram a etapa na quarta e quinta colocações, respectivamente. A prova teve diferença de menos de um segundo entre o segundo e o quinto colocado.
 
A vencedora do Circuito foi a italiana Rachele Bruni, medalha de prata nos Jogos Rio 2016, com 86 pontos. Na terceira posição ficou a alemã, Ângela Maurer, com 61. No masculino, o vencedor foi Simone Ruffini, também da Itália, com 94 pontos, seguido por Andreas Waschburger, da Alemanha, com 90, segundo colocado. O americano Charles Peterson, 66 pontos, terminou na terceira posição.
 
A equipe brasileira priorizou a preparação olímpica e por isso, não participou de todas as etapas nesse ano, como de costume, deixando de pontuar nessas provas. Pelo regulamento só podem disputar o título quem nadar o mínimo de cinco provas e, pelo menos, largar na última, em Hong Kong. Por isto, mesmo com pontuação para terminar o circuito na quarta colocação, a brasileira Ana Marcela Cunha, não irá constar nesta posição no ranking mundial 2016. O mesmo acontece com Allan do Carmo.
 
Esta competição encerrou o calendário internacional das Maratonas Aquáticas, em 2016. Ainda em outubro, serão disputadas as últimas duas etapas do Campeonato Brasileiro da modalidade, em Inema, na Bahia, nos os dias 20 e 22.
 
Fonte: CBDA
Ascom Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla