Ministério do Esporte Paraná conquista bicampeonato por equipes na ginástica rítmica dos Jogos Escolares da Juventude
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Paraná conquista bicampeonato por equipes na ginástica rítmica dos Jogos Escolares da Juventude

Gaspar Nóbrega/Exemplus/COBGaspar Nóbrega/Exemplus/COB
A equipe paranaense de ginástica rítmica conquistou na tarde desta quinta-feira, dia 22, a medalha de ouro dos Jogos Escolares da Juventude João Pessoa 2016, para atletas de 12 a 14 anos, na competição realizada no ginásio Ronaldão. O Paraná totalizou 63,600 pontos, contra 61,650 da equipe catarinense, medalhista de prata. O bronze foi para o Espírito Santo, com 57,600 pontos. Minas Gerais (56,200) e Sergipe (53,250) completaram o top 5 da competição.
 
Lucyelenn Zanchettin, do Colégio Victorio, e Samara Arcala Sibin, do Colégio Itecne, ambos de Cascavel (PR), Amanda Caroline dos Santos, do Colégio Estadual Dario Vellozo, de Londrina, e Geane da Costa Silva, do Colégio Estadual Irmão Germano Rhoden, de Toledo, formaram a equipe campeã. Ana Paula Scheffer, dona de conquistas importantes como a medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos Rio 2007 como atleta, é a técnica da equipe campeã.
 
“A competição foi de alto nível. E como apenas duas atletas de cada equipe se classificam para as finais individuais que acontecem amanhã (sexta-feira), elas competiram entre elas também”, afirmou Ana Paula. “Além disso, a Samara, que ficou em quinto lugar no ano passado, ficou com a maior pontuação entre todas as atletas (21.650 pontos, com 11.300 nas maças e 10.350 na corda), ou seja, vem mais pódio para o Paraná por aí”.
 
As medalhas foram entregues pela ginasta e Embaixadora dos Jogos Escolares da Juventude, Angélica Kvieczynski, amiga, ex-adversária e admiradora do trabalho de Ana Paula. “Quando eu comecei a Ana era top. Foi nela em quem eu me espelhei na carreira. Depois, em 2011, disputamos os Jogos pan-americanos de Guadalajara juntas”, lembrou Angélica.
 
As catarinenses, comandadas por Priscila Hostin, de 38 anos, contaram com três meninas que estudam na Escola Básica Municipal Machado de Assis (SC). São elas:
Ana Carolina Souza, de 13 anos, que somou a segunda maior nota entre todas as atletas com 10.900 pontos nas maças e 10.550 na corda, um total de 21.450 pontos; Emilly de Carvalho e Aimee Vitória da Silva. Além de uma atleta de Florianópolis: Beatriz Linhares da Silva, do Centro Educacional Menino Jesus.
 
Ana Carolina praticava dança folclórica antes de iniciar a carreira na ginástica rítmica. Fã da russa Rita Mamun, campeã olímpica nos Jogos Rio 2016, ela é a única remanescente da equipe que também ficou com a medalha de prata nos Jogos escolares da Juventude Fortaleza 2015.
 
Outra medalhista de prata é a jovem Emilly de Carvalho, de 13 anos, que começou no esporte com apenas quatro anos de idade. “A minha avó tinha uma cliente no salão de beleza e ela via que eu não parava quieta e me levou para fazer um teste. Não larguei mais o esporte”, disse a jovem de 13 anos, que se espelha nas russas Aleksandra Soldatova e Rita Mamun. “Quero continuar na ginástica. Penso em fazer fisioterapia ou educação física para, depois da carreira de atleta, continuar no esporte”, disse a jovem que já competiu em São Luis (MA), Osasco (SP), Porto Alegre (RS), Caçador (SC) e agora em João Pessoa (PB).
 
A medalha de bronze ficou com a equipe do Espírito Santo, que contou com Geovanna Santos da Silva, Sofia Madeira Pereira, Deborah Barbosa e Layza Tavares. A equipe de Minas Gerais, quarta colocada na competição contava com Rafaela Luiza de Freitas, Maria Clara de Souza, Gabriela Resende e Isadora Lima.
 
A ginástica rítmica dos Jogos Escolares da Juventude conta com a presença de 95 atletas de 22 estados, além do Distrito Federal e da delegação de João Pessoa. Nesta sexta-feira acontecem as disputas individuais, quando as 18 melhores atletas de cada aparelho se apresentam na disputa por medalhas.
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa e patrocínio máster da Coca-Cola.
 
Fonte: COB
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla