Ministério do Esporte Ação educacional e controle antidopagem mobilizam agentes da ABCD
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ação educacional e controle antidopagem mobilizam agentes da ABCD

Ana Rita Ferraciolli/MEAna Rita Ferraciolli/ME
Com o fim dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) do Ministério do Esporte mobiliza seu contingente para retomada dos testes de controle antidopagem em atletas brasileiros, e ainda, para as atividades educativas. Uma dessas ações está sendo realizada desde a última terça-feira (20.09), na cidade de João Pessoa, na Paraíba, nos Jogos Escolares da Juventude, na faixa etária de 12 a 14 anos. 
 
A ABCD levou aos Jogos Escolares, kits com informações sobre o controle antidopagem, como ele é feito, e como as crianças e atletas podem se engajar nesta luta pelo jogo limpo no esporte. Os participantes podem ver de perto, os frascos onde são coletadas as amostras de sangue e urina, também os formulários de notificação e de autorização de uso terapêutico e conversar com os agentes da ABCD sobre a questão do doping. 
 
Ana Rita Ferraciolli/MEAna Rita Ferraciolli/MEA principal ação da instituição é dar visibilidade a campanha da #Soumaiseu – Diga sim ao Jogo Limpo, de uma forma criativa e participativa. Aqueles que tirarem fotos segurando as plaquinhas da campanha, e compartilharem nas suas redes sociais, ganham uma camiseta. E quando a publicação chegar a 100 curtidas e ou compartilhamentos, o atleta ganha um botton da campanha.
 
Segundo o diretor de Educação e Informação da ABCD, Luiz Celso Giacomini, só nos dois primeiros dias de evento, mais de 400 atletas, técnicos e dirigentes já visitaram o espaço.  
 
Os Jogos Escolares da Juventude reúnem cerca de 3,8 mil jovens atletas de 12 a 14 anos e são o maior evento esportivo estudantil do Brasil. Ao todo, são disputadas 13 modalidades. Entre os objetivos do evento está a questão da inclusão social dos jovens por meio do esporte, que também serve de plataforma para a identificação de atletas para o alto rendimento. A organização é do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e o apoio do Ministério do Esporte. 
 
Controle antidopagem
 
Em uma visita de surpresa durante a realização dos Jogos Abertos do Interior de São Paulo a equipe da ABCD, formada por fiscais de escolta e coleta de amostras, esteve atuando na última terça-feira (20.09), na cidade de São Bernardo do Campo, para realização de exames dos atletas da modalidade de ciclismo.
 
Foi a primeira vez que a ABCD realizou a coleta de material durante o evento, que é uma das maiores competições poliesportivas do país. Os Jogos Abertos do Interior de São Paulo reúnem representantes de 200 cidades, menos a capital, e contam com a presença de aproximadamente 15 mil participantes. A competição iniciou no dia 12 e termina no próximo sábado, dia 24.
A coleta de material foi realizada apenas na prova de ciclismo dos Jogos, mas o Secretário Nacional da Autoridade Brasileira de Controle Antidopagem, Rogério Sampaio, que também acompanhou a ação, disse que é possível a realização de novas coletas em competições como esta. Antes da abordagem aos atletas, Sampaio esteve reunido com o chefe da competição, Edvaldo Benedito de Brito, para falar da importância do controle antidopagem.
 
O secretário da ABCD lembrou ainda que, a luta em favor do jogo limpo no esporte é permanente por parte da instituição, e que muitas das ações realizadas pela diretoria de operações, fazem parte do um trabalho de inteligência e investigação. “Nós buscamos um controle antidopagem cada vez mais eficiente para que não só o atleta seja punido por ter cometido uma irregularidade, mas também toda a cadeia de profissionais que o cercam e que fazem parte desta ação de uso de substâncias ou métodos proibidos, que constam no Código Mundial Antidopagem, da Agência Mundial Antidopagem (WADA-AMA)”, diz o secretário.
 
Em 2005, o Governo do Estado de São Paulo anunciou pela primeira vez que os Jogos Abertos do Estado teriam controle antidopagem, mas os exames só foram realizados naquele ano. Depois disso não há mais registros de controle nesta competição que reúne a elite do esporte brasileiro.
 
Cláudia Sanz
Ascom - Ministério do Esporte
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla