Ministério do Esporte Brasil vence a Alemanha em arrancada emocionante e já faz história
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Brasil vence a Alemanha em arrancada emocionante e já faz história

Miriam Jeske/ Brasil2016.gov.br/ HeusiActionMiriam Jeske/ Brasil2016.gov.br/ HeusiAction
O pavilhão 6 do Riocentro estava lotado e com um barulho animador vindo das arquibancadas na noite desta terça-feira (13.09). O motivo da euforia: assistir a Brasil e Alemanha duelarem pela segunda - e última - vaga do Grupo A para a semifinal paralímpica do vôlei sentado masculino. Os adversários alemães tomaram o primeiro set do Brasil, fechando em 24/26, mas a virada brasileira, ao som de “eu acredito”, veio a partir do segundo set, em uma arrancada que teve parciais de 25/23, 25/18 e 25/12. O resultado leva o time do técnico Fernando Guimarães à semifinal, inédita para a modalidade.
 
“Jogo contra a Alemanha nunca é fácil. É uma equipe aguerrida, que foi terceira colocada na última Paralimpíada. Eles têm uma defesa muito boa. Nós fazemos intercâmbio direto com os caras, hoje conseguimos estudar o estilo deles e conseguimos fazer tudo o que foi pedido. No início teve um pouco de ansiedade, mas depois baixou. Todos os jogadores que entraram foram bem. Nós não temos seis jogadores, temos 12”, disse o capitão Fred.
 
Mesmo com a empolgação geral que tomou conta do ginásio desde o início, a seleção não convenceu imediatamente. No primeiro set, o Brasil saiu atrás da Alemanha, que chegou a abrir uma vantagem de seis pontos. A recuperação veio ainda na primeira etapa e o Brasil teve o set point nas mãos, mas os alemães foram superiores à ansiedade brasileira e finalizaram a primeira parcial em 26/24. 
 
O segundo set seguiu acirrado e disputado ponto a ponto, mas desta vez o resultado foi positivo para o lado brasileiro, fechando a parcial em 25/23. Neste momento, os torcedores pareciam já saber qual seria o final da história, porque a comemoração muito empolgante. 
 
Mais tranquilos com o empate, os brasileiros embalaram e fizeram bonito nos sets seguintes ao vencer o terceiro por 25 a 18 e o último, que garantiu a classificação, por 25 a 12. A superioridade brasileira tomou conta do jogo e desestabilizou a fria seleção alemã, que tomou dois cartões vermelhos por reclamação.
 
Miriam Jeske/ Brasil2016.gov.br/ HeusiActionMiriam Jeske/ Brasil2016.gov.br/ HeusiAction
 
Melhor desempenho
Maior pontuador do jogo, com 23 tentos anotados, Anderson Ribas afirmou que teve hoje o seu melhor desempenho em quadra desde que começou no vôlei sentado. “O atleta tem que ser disciplinado e tem horas que não sou, mas hoje obedeci os comandos do Fernando e deu tudo certo”. Ainda em quadra, Anderson sentiu o ombro esquerdo e, após o jogo, acalmou o torcedor dizendo que foi apenas um choque. “Quando fui passar a bola, não vi que estava perto do poste, mas acho que não foi nada sério. Só a pancada mesmo”.    
 
Agora, a seleção pode ter uma noite tranquila de sono. Porém, essa tranquilidade pode esbarrar em um gigante de 2,46m. O adversário será o primeiro colocado do Grupo B, a ser oficializado depois da rodada desta quarta (Bósnia x China e Ucrânia x Irã). O favoritismo é do Irã, berço de Morteza Mehrzad, atleta que virou sensação nos Jogos Paralímpicos por seu tamanho. “O gigante é o cara que deu uma turbinada no time do Irã, mas não acredito que seja impossível ganhar deles. Você tem que jogar com o coração, parceiro. Dentro de casa, com toda essa torcida linda, não dá para fazer feio”, finalizou, otimista, o capitão Fred. 
 
Valéria Barbarotto - brasil2016.gov.br
Ascom - Ministério do Esporte 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla