Ministério do Esporte Encontro debate qualidade de vida com lazer e esporte
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Encontro debate qualidade de vida com lazer e esporte

A Casa Brasil, no Pier Mauá, foi ponto de encontro de coordenadores, agentes sociais e outros envolvidos nos programas sociais Vida Saudável e PELC (Programa Esporte e Lazer da Cidade) no Rio de Janeiro. As reuniões, que aconteceram nestas segunda e terça-feiras, incluiram atividades físicas e recreativas, debates sobre as ações e visita aos armazéns da Casa.
 
Oficina do Programa Vida Saudável foi apresentado a participantes na Casa Brasil. (Foto: Divulgação/ME)Oficina do Programa Vida Saudável foi apresentado a participantes na Casa Brasil. (Foto: Divulgação/ME)
 
Os programas são promovidos pela Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS) do Ministério do Esporte. O PELC é intergeracional, voltado para crianças, jovens, adultos e pessoas com deficiência, enquanto o Vida Saudável é voltado principalmente à terceira idade. Ambos oferecem esporte, recreação e lazer oferecidos por equipes capacitadas pelo Governo Federal, em parceria com prefeituras, estados e universidades conveniadas.
 
"O momento é para nos apresentarmos e também ouvi-los. Saber como o programa está sendo desenvolvido, as expectativas, o que ainda precisa ser feito para ser qualificado. Esse contato hoje é presencial, mas geralmente é por telefone e email. Então ter um momento desse é legal para isso, as pessoas se conhecem", comentou a coordenadora geral de Estudos e Pesquisas de Esporte e Lazer da SNELIS, Ana Elenara Pintos.
 
Segundo ela, a secretaria sempre busca aproximar as políticas sociais dos eventos de grande porte. "Os agentes falam da cultura local, das experiências. Temos essa interação. É uma forma de dar o retorno para esse legado que é o direito ao esporte e ao lazer, que eles nos ajudam a concretizar", completou.
 
Secretaria busca aproximas as políticas sociais aos grandes eventos. (Foto: Divulgação/ME)Secretaria busca aproximas as políticas sociais aos grandes eventos. (Foto: Divulgação/ME)
 
Rita Villela, interlocutora em Niterói, adianta que a expectativa é beneficiar seis mil pessoas: "Estamos com algumas pendências contratuais mas a procura já é muito grande. As pessoas estão muito interessadas. Vamos oferecer basquete, handebol, atividades em praças, áreas próximas às escolas e associações de moradores. Também capoeira, cinema, teatro, várias coisas".
 
A coordenadora geral PELC em Bom Jesus do Itabapoana, Aline do Carmo, afirma que a cidade estava precisando de programas do tipo. "Conseguimos a aprovação em fevereiro e estamos em fase de licitação. Vamos dar início ao processo seletivo após o período eleitoral. Serão 14 atividades como vôlei, futsal, futebol, zumba, jiu-jitsu e judô", detalhou.
Participaram ainda representantes de Sapucaia, Tanguá, Japeri e São Gonçalo. O orientador pedagógico Jedson Magalhães, da SNELIS, disse que os gestores e agentes buscam informações e intercâmbio. "Percebemos o interesse de ter qualificação no âmbito do programa", afirmou.
 
Ascom – Ministério do Esporte
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla