Ministério do Esporte Medalhistas do badminton recebem apoio do programa Bolsa-Atleta
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Medalhistas do badminton recebem apoio do programa Bolsa-Atleta

Os brasileiros Guilherme Pardo e Guilherme Kumasaka, beneficiados pelo programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte, ganharam medalha de bronze nas duplas de Badminton durante os Jogos Pan-americanos Rio 2007. A medalha é a primeira da modalidade em jogos Pan-americanos. A conquista foi assegurada quando os brasileiros venceram, nessa segunda-feira (17), os atletas da Guatemala Kevin Cordon e Rodolfo Ramirez, por 2 sets a 1, e classificaram para as semifinais garantindo a medalha de bronze, pois não há a disputa da terceira posição na modalidade. Nas semifinais, os brasileiros enfrentaram a dupla dos Estados Unidos Howard Bach e Bob Malaythong, perdendo por 2 sets a 0, com parciais de duplos 21/13. Mesmo com a derrota na última fase, os brasileiros estavam contentes pelo bronze. Para Guilherme Pardo, o apoio da torcida, dos incentivos da Lei Agnelo/Piva e do Bolsa-Atleta foram o diferencial para a conquista da medalha inédita. "Os incentivos nos permitiram uma maior dedicação ao esporte. Essa verba foi o primeiro passo e de fundamental importância para o Badminton", disse. Governo federal investiu em equipamentos Os atletas do badminton ganharam também outro incentivo para o desenvolvimento da modalidade no Brasil. A preparação da equipe para os Jogos Pan-americanos recebeu o reforço de 10 quadras Taraflex portáteis e 290 petecas. O equipamento foi adquirido pelo Ministério do Esporte. "A compra destes equipametos reafirma o compromisso do Governo Federal com a realização dos Jogos e com a qualificação do esporte brasileiro. Esses investimentos não se limitam ao Pan, mas ficam como legado para nivelar a capacidade de treinamento dos nossos atletas, das mais diferentes modalidades, com a dos atletas de todo o mundo", afirma o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr.. Além do badminton, outras 29 modalidades receberam equipamentos adquiridos pelo Governo Federal. No total, foram investidos R$ 16 milhões. Todo o material permanecerá com os atletas e as confederações. Rafael Moura Ascom-Ministério do Esporte Crédito da imagem: Divulgação/COB

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla