Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou as cidades que irão receber as fases finais dos Jogos Escolares da Juventude 2015. O Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO) receberá, em Fortaleza, a etapa para os alunos de 12 a 14 anos, entre os dias 3 e 12 de setembro. Já a fase de 15 a 17 anos será disputada em Londrina, no Paraná, entre os dias 12 e 21 de novembro. Cada etapa reunirá mais de 6 mil pessoas, entre elas cerca de 4 mil jovens de todo o Brasil, para a maior competição esportiva escolar do país.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil, em parceria com o Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio da Prefeitura Municipal de Fortaleza e da Prefeitura Municipal de Londrina e patrocínio máster da Coca-Cola.

Sede do evento em 2010, Fortaleza volta a receber uma edição dos Jogos Escolares da Juventude. “A cidade de Fortaleza preencheu todos os requisitos exigidos pelo COB para organizar o evento. A vontade política e a capacidade hoteleira foram fundamentais para esta escolha. Será uma grande felicidade realizar o evento novamente na capital cearense. Estamos muito confiantes de que será um evento muito bem organizado e que todos os participantes terão as melhores condições a seu dispor”, explicou Edgar Hubner.

A base das provas individuais será disputada no CFO. A infraestrutura é uma parceria do governo do Ceará com o governo federal e faz parte do Plano Brasil Medalhas, com financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O complexo vai integrar a Rede Nacional de Treinamento, principal projeto de legado dos Jogos Olímpicos de 2016 para a infraestrutura do esporte brasileiro.

Na edição de 12 a 14 anos estarão em disputa medalhas em 13 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez. O evento de 15 a 17 também terá 13 modalidades, sendo que o vôlei de praia entra no programa no lugar do badminton.

Além das competições, os jovens atletas têm à sua disposição uma ampla gama de eventos paralelos às competições. O programa sócio-educativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos Valores Olímpicos e ao exemplo positivo da prática esportiva.


Essa é a terceira vez que Londrina sediará o evento, já que foi sede da etapa de 12 a 14 anos em 2014, e de 15 a 17 em 2009. "O sucesso da edição do ano passado foi determinante para levarmos os Jogos Escolares para Londrina novamente. O evento foi muito bem organizado e será uma grande felicidade realizá-lo novamente na cidade. Os Jogos Escolares da Juventude visam contribuir para a inserção social dos jovens através do esporte e estamos muito satisfeitos com os resultados que estamos alcançando. A cada edição avançamos e estabelecemos novos padrões na organização. Nosso grande desejo é ver dentro do ambiente escolar a formação de base que já está revelando representantes em nível internacional", afirmou Edgar Hubner, gerente-geral de Juventude e Infraestrutura do COB.

Anualmente, os Jogos Escolares da Juventude contemplam mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, organizadas pelos estados e municípios, representando 40.000 escolas de quase 4 mil cidades do Brasil. A fase nacional, organizada pelo COB desde 2005, reúne em cada faixa etária cerca de 4 mil atletas dos 26 estados da Federação mais o Distrito Federal.

Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla