Ministério do Esporte Instituto de Cegos da Bahia conquista o hepta brasileiro no futebol de 5
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Instituto de Cegos da Bahia conquista o hepta brasileiro no futebol de 5

Foto: Gaspar Nobrega/CBDV/InovafotoFoto: Gaspar Nobrega/CBDV/Inovafoto

O Instituto de Cegos da Bahia (ICB) conquistou o título da Copa Loterias Caixa de Futebol de 5. A equipe baiana chegou ao heptacampeonato nacional ao vencer a AMC-MT por 2 a 0, neste domingo (06.11), no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Após um primeiro tempo bastante disputado e sem gols, o ICB-BA partiu com tudo pra cima da AMC-MT na etapa complementar e com dois gols de Jefinho, medalha de ouro nos Jogos Rio 2016, conseguiu vencer o jogo. O título coloca mais uma vez os baianos no topo, após o vice da competição no ano passado.

Foto: Gaspar Nobrega/CBDV/InovafotoFoto: Gaspar Nobrega/CBDV/Inovafoto

Além do troféu, o ICB-BA se destacou nas premiações individuais. Autor de oito gols na competição, o craque Jefinho foi o artilheiro isolado. E para melhor jogador foi eleito o ala Cássio. O camisa 3 foi fundamental tanto na defesa - com apenas um gol sofrido -, quanto no ataque.

O melhor goleiro foi arqueiro da URECE-RJ Andreonni. O paraibano foi uma verdadeira muralha nas partidas, principalmente na semifinal contra o ICB-BA, com diversas defesas difíceis.

Cássio, da seleção brasileira e medalha de ouro nos Jogos Rio 2016, foi eleito o melhor jogador da competição. (Foto: Gaspar Nobrega/CBDV/Inovafoto)Cássio, da seleção brasileira e medalha de ouro nos Jogos Rio 2016, foi eleito o melhor jogador da competição. (Foto: Gaspar Nobrega/CBDV/Inovafoto)
 
Disputa do 3º lugar
A disputa da medalha bronze foi entre CEIBC-RJ e URECE-RJ. O clássico carioca foi equilibrado do início ao fim. O jogo foi decidido a favor da CEIBC-RJ quando o colombiano Quintero fez grande jogada pela direita e chutou no alto sem chances para Andreonni, dando a vitória por 1 a 0. As equipes rebaixadas foram a ADVC-RJ e CETEFE-DF.

Foto: Gaspar Nobrega/CBDV/InovafotoFoto: Gaspar Nobrega/CBDV/Inovafoto

Classificação final

1º    Instituto de Cegos da Bahia - ICB-BA
2º    Associação Mato-grossense dos Cegos - AMC-MT
3º    Caixa Escolar do Insituto Benjamin Constant - CEIBC-RJ
4º    Urece Esporte e Cultura - URECE-RJ
5º    Associação Gaúcha de Futsal para Cegos - AGAFUC-RS
6º    Associação Paraibana dos Deficientes Visuais - APADEVI-PB
7º    Associação de Pais e Amigos e Deficientes Visuais - APADV-SP
8º    Associação de Deficientes Visuais de Petrolina - ADVP-PE
9º    Associação Paraibana de Cegos - APACE-PB
10º    Associação dos Deficientes Físicos de Pelotas - ASDEFIPEL-RS
11º    Associação dos Deficientes Visuais de Campos - ADVC-RJ
12º    Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial - CETEFE-DF

Fonte: CBDV

Ascom - MInistério do Esporte

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla