Ministério do Esporte Ministério do Esporte libera R$ 2 mi para nova vertente do SegundoTempo no Paraná
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ministério do Esporte libera R$ 2 mi para nova vertente do SegundoTempo no Paraná

Foto: DivulgaçãoFoto: DivulgaçãoOs estudantes da rede pública estadual e municipal do Paraná estão em festa. O Ministério do Esporte, por meio da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), liberou, no dia 30 de abril, R$ 2.031.848,20 – metade do total do convênio - para que o governo estadual estruture os núcleos do Programa Segundo Tempo (PST)/Modalidades. Após o recesso escolar de julho, a  vertente-piloto vai potencializar a prática de modalidades olímpicas judô, badminton, atletismo, handebol, natação, vôlei e basquete para 10,4 mil alunos de 52 municípios, incluindo a capital Curitiba.
 
Focado nas Olimpíadas Estudantis, o PST/Modalidades investirá no desenvolvimento esportivo escolar inter-relacionando com a realização dos Jogos Escolares do estado nas três fases (interescolar, municipal, estadual). “Os alunos contemplados terão garantido o acesso a locais adequados para os treinamentos, ou seja, nos espaços disponibilizados pelas prefeituras parceiras, com material esportivo apropriado e em horário do contraturno do ensino regular”, explicou o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Ricardo Cappelli.
 
No modelo especial desenhado, cada núcleo terá 200 alunos. Desses, sessenta com idade entre 6 e 10 anos terão múltiplas vivências do esporte durante a fase de aprendizagem. Setenta estudantes com idade entre 11 e 14 passarão pela iniciação esportiva desenvolvendo atividades em turmas mistas com a opção de escolher a modalidade de sua preferência entre as três oferecidas pelo núcleo. Para outros 70, com idade entre 14 a 17 anos, a fase será de aprendizagem para que possam desenvolver o talento no esporte e se firmar no contexto esportivo das competições escolares.
 
Políticas públicas do Esporte
O projeto-piloto está pautado na observação de como os diferentes vínculos com o esporte (educacional e escolar) poderão fornecer base de dados para o subsídio de políticas públicas. A proposta pedagógica e o conteúdo específico de cada modalidade, bem como as atividades ministradas foram elaboradas para dar suporte às duas bases teóricas.
 
PST/Navegar e Vida Saudável – Em março, a Snelis liberou cerca de R$ 1,6 milhão para o governo do estado do Paraná implantar os  programas Segundo Tempo/Navegar e Vida Saudável. A previsão é que nos próximos dois messes comecem a praticar modalidades de remo, canoagem e vela em três núcleos de atendimento. As unidades funcionarão na Associação Ação Santa Helena de Canoagem Clube, no balneário municipal; Associação Ribeirão Clarense de Canoagem, no distrito administrativo de Cachoeira do Espírito Santo e no Clube de Natação e Regatas Comandante Santa Rita, na cidade de Paranaguá.
 
Já no Vida Saudável serão contempladas 7,8 mil pessoas acima dos 45 anos, e 39 núcleos abrangerão 33 cidades, incluindo Curitiba. As atividades desenvolvidas nas Academias da Terceira Idade (ATI) garantirão esporte, recreação e cultura, com teatro, dança de salão, cinema e clube de leitura gratuitamente.
 
Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla