Ministério do Esporte Universidades podem receber doações do Pintando a Liberdade e Pintando a Cidadania
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Universidades podem receber doações do Pintando a Liberdade e Pintando a Cidadania

A partir de agora, universidades, institutos e outras organizações públicas também poderão receber as doações de materiais esportivos dos programas Pintando a Liberdade e Pintando a Cidadania. Foi publicada na última terça-feira no Diário Oficial da União a portaria que estabelece que, além de escolas da rede municipal e estadual de ensino, universidades e institutos federais poderão receber o material esportivo produzido nas unidades dos programas.

Os interessados devem encaminhar solicitação formal ao Ministério do Esporte, com documentação conforme especificada na portaria. Os materiais serão repassados às entidades de acordo com a disponibilidade.

Desde sua criação, o Pintando a Liberdade já atendeu a mais de 12,7 mil detentos em 90 unidades de produção no Brasil.

Confira aqui a portaria

Pintando
O Pintando a Liberdade é um programa de ressocialização de internos do sistema penitenciário por meio da fabricação de materiais esportivos. Além da profissionalização, os detentos reduzem um dia da pena para cada três dias trabalhados e recebem salário de acordo com a produção.

Já o Pintando a Cidadania é uma vertente que atende pessoas em situação de risco social com o trabalho em fábricas de material esportivo. O programa objetiva a inclusão social de pessoas residentes em comunidades carentes e o ingresso delas no mercado de trabalho.

Paula Braga
Foto: Francisco Medeiros
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla