Ministério do Esporte Programa Segundo Tempo chega para 5 mil estudantes de Teresina
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Programa Segundo Tempo chega para 5 mil estudantes de Teresina

A prefeitura de Teresina dará início às atividades do Programa Segundo Tempo (PST) para 5 mil estudantes da rede pública municipal de ensino da capital piauiense. A Secretaria de Esporte e Lazer de Teresina (Semel) fará o lançamento oficial do programa  neste sábado (28.09), às 9h da manhã, em solenidade na escola municipal Jornalista João Emílio Falcão, onde funcionará um dos 50 núcleos de atendimento, no bairro Vamos Ver o Sol, na zona sul da capital.

A parceria entre o Ministério do Esporte e a prefeitura conta com recursos de aproximadamente R$ 2 milhões da pasta, e terá duração de dois anos. Na oportunidade haverá uma entrega simbólica de material esportivo, com uniformes para os estudantes, além de bolas e redes esportivas. "Nossa proposta do  Segundo Tempo é democratizar o acesso à prática e à cultura do esporte, de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, sobretudo em áreas de vulnerabilidade social", ressalta o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Ricardo Cappelli.

O atendimento funcionará em 39 escolas das zona urbana, em 10 da zona rural e no Parque da Cidade. Estarão presentes ao lançamento o prefeito de Teresina, Firmino Filho, os secretários de Esporte e Lazer, Galba Coelho, e de Educação, Cleber Monte, cem profissionais contratados para atuar no programa (50 professores de educação física e 50 estagiários), e 200 estudantes representando os beneficiados.

As crianças terão acesso a aulas de futebol, futsal, voleibol, basquete, badminton, capoeira, handebol e atletismo. "O projeto tem duração de dois anos, e mais de 100 empregos diretos serão gerados para estudantes e profissionais de educação física", diz o secretário Galba Coelho.

"Para nós é um grande orgulho reiniciar o trabalho de democratização do esporte", afirma o coordenador João Henrique Rufino, ao destacar que a parceria é a segunda realizada com a pasta. "A primeira foi em 2006, e contemplou o mesmo núumero de crianças, porém com a metade do número de núcleos."

Carla Belizária
Foto: Francisco Medeiros
Ascom - Ministério do Esporte

Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla