Ministério do Esporte Secretário Especial do Esporte participa, como palestrante, do Comitê da Cadeia Produtiva do Esporte da FIESP
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações:  (61) 3217-1875E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Secretário Especial do Esporte participa, como palestrante, do Comitê da Cadeia Produtiva do Esporte da FIESP

O secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Décio Brasil, participou, como palestrante, nesta quarta-feira (26.06), em São Paulo, da reunião plenária do Comitê da Cadeia Produtiva do Esporte – CODE, promovida pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, a FIESP.

O secretário Décio Brasil, durante reunião do CODE, na FIESP. Foto: Luiz Roberto Magalhães/Ministério da CidadaniaO secretário Décio Brasil, durante reunião do CODE, na FIESP. Foto: Luiz Roberto Magalhães/Ministério da Cidadania

Dirigindo-se na sede da FIESP a uma plateia de cerca de 40 pessoas de vários setores ligados ao esporte no Brasil, entre elas o diretor do CODE, Mario Eugenio Frugiuele; o superintendente do SESI, Alexandre Pflug; o secretário executivo de Esportes do Estado de São Paulo, Marco Aurélio Pergolo dos Santos; o vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Marco Antônio La Porta; e a 1ª vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Naise Pedrosa. Décio Brasil falou por cerca de 30 minutos e deu um panorama geral dos principais programas do governo federal ligados ao setor.

O secretário abriu sua palestra com um vídeo sobre o Ministério da Cidadania e, em seguida, após apresentar a estrutura da Secretaria Especial do Esporte, detalhou programas que são fundamentais para o desenvolvimento do esporte nacional, como a Lei de Incentivo ao Esporte, o Bolsa Atleta e a parceria com o Ministério da Defesa.

Décio Brasil ainda tratou de temas como o legado olímpico, em especial o Parque Olímpico da Barra; o projeto da Estação Cidadania, equipamentos construídos com investimento do Governo Federal para levar esporte, cultura e lazer para jovens, adultos e idosos, principalmente aqueles que vivem em áreas de maior vulnerabilidade social; a bolsa de estudos para atletas, uma parceria formalizada com a Associação Nacional das Universidades Particulares (ANUP); e as diversas parcerias vigentes em estados e municípios para levar programas de esporte e inclusão social para crianças e jovens, incluindo aqueles com deficiência.

Ao final, Décio Brasil respondeu a perguntas sobre temas propostos por ele na palestra e também sobre outros assuntos levantados pelo participantes.

Foto: Luiz Roberto Magalhães/Ministério da CidadaniaFoto: Luiz Roberto Magalhães/Ministério da Cidadania

Para Mario Frugiuele, a presença do secretário na reunião do CODE foi bastante proveitosa. “O secretário Décio Brasil pontuou muito bem todas as perguntas. Ele fez uma palestra demonstrando os programas e o que vai acontecer dentro da Secretaria Especial de Esporte e entendo que todas as dúvidas que nosso grupo tinha foram respondidas completamente. Acho que foi uma reunião muito boa e espero tê-lo novamente conosco, porque é muito importante a presença dele junto ao empresariado e à indústria paulista”, afirmou o diretor do CODE.

Quem também elogiou a presença do secretário foi o vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil. “A impressão foi muito boa. A gente vê o trabalho que o general Brasil está fazendo junto à secretaria e nós temos muita confiança nos projetos que ele apresentou, que contemplam desde o esporte de base até o esporte de alto rendimento, passando pelo esporte de participação. Apesar das dificuldades que nós sabemos que o Brasil está enfrentando, ele tem tudo para alavancar o esporte em nosso país”, disse Marco Antônio La Porta.

“Hoje foi um dia de grandes ensinamentos, pois é um público especial”, ressaltou Décio Brasil. “São empresários que vivem do esporte, e a cadeia produtiva do esporte estava aqui representada em todos os seus segmentos. Foi muito importante poder ouvi-los e saber quais são os anseios. É exatamente isso que eu estou buscando: ouvir todos os segmentos para formar uma ideia mais ampla do que a política do esporte deve atender. A FIESP é um termômetro muito forte. Foi uma responsabilidade muito grande estar aqui hoje defendendo as ideias do Ministério da Cidadania e da Secretaria Especial do Esporte. Foi uma experiência muito proveitosa, tanto pessoal quanto funcional”, encerrou o secretário.

Luiz Roberto Magalhães – Ascom – Ministério da Cidadania
 

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla