Ministério do Esporte Projeto Luta pela Cidadania usa esporte para trabalhar prevenção às drogas
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações:  (61) 3217-1875E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Projeto Luta pela Cidadania usa esporte para trabalhar prevenção às drogas

Projeto terá duas aulas por semana – sempre na praça – com duração de duas horas, cada. (Foto: Gisele Ribeiro/PMC)Projeto terá duas aulas por semana – sempre na praça – com duração de duas horas, cada. (Foto: Gisele Ribeiro/PMC)

Com a entrega de 80 quimonos e um tatame, foi lançado oficialmente o programa Luta pela Cidadania em Corumbá (MS). Realizado na praça do bairro Generoso, o evento reuniu, no fim da tarde de segunda-feira (24.06), os jovens que vão integrar a iniciativa naquela região.

Desenvolvido pela prefeitura, por meio da Secretaria Especial de Segurança Pública e Defesa Social, o Luta pela Cidadania usa o esporte – nesse caso específico, o judô – para trabalhar na prevenção contra o uso de drogas. As aulas serão ministradas pelo professor Luiz Paulo de Freitas Ribeiro, que é servidor do município.

De acordo com o prefeito Marcelo Iunes, o programa busca, com atividades esportivas, promover a construção e a socialização do conhecimento sobre drogas para o público infantojuvenil, na faixa etária de 8 a 17 anos, visando torná-los menos vulneráveis a assumir comportamentos de risco para o uso de drogas.

O foco principal é conduzir crianças e adolescentes à reflexão, contribuindo para a visão crítica das situações e dos problemas, e para o desenvolvimento da autonomia e da capacidade de escolha. As atividades serão em espaços públicos, como praças e quadras esportivas dos bairros que apresentam maiores índices de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, violência e consumo de drogas lícitas e ilícitas.

Serão duas aulas por semana – sempre na praça – com duração de duas horas, cada. Quinzenalmente, os alunos participarão de palestras, rodas de conversa e dinâmicas para temas em relação à prevenção ao uso de drogas, tipos de violência, bullying, sexualidade, diversidade e diferenças, mercado de trabalho, profissões e carreiras e outras questões pertinentes ao público jovem.

“Trabalhamos uma proposta diferenciada para políticas públicas sobre drogas. Identificamos, com pesquisas, que a maioria dos problemas está na evasão escolar, pois esses alunos ficam expostos. Vamos trabalhar a prevenção ao uso de drogas pelo esporte, atuando em rede com as Secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social. É a primeira vez que em Corumbá é implementada uma política pública sobre drogas”, disse Flávia Miguel Ribeiro, coordenadora de Políticas Públicas sobre Drogas e responsável pelo programa.

Para o prefeito, o Luta pela Cidadania também visa ao desenvolvimento físico, social e psicológico. “Além do aprimoramento e prática dos deveres e direitos sociais, a iniciativa é extremamente benéfica para a juventude. O poder público vai se mobilizar em busca de parcerias para ampliar as atividades, vamos trabalhar a busca de apoio para ampliarmos, futuramente, os polos desse programa. Essa iniciativa tira jovens da vida ociosa e dá oportunidades no esporte”, concluiu Iunes.

O secretário especial de Segurança Pública e Defesa Social, Cesar Freitas Duarte, afirmou que a iniciativa conta com o apoio da comunidade. “Esse projeto terá mais cinco polos; este aqui no Generoso é apenas o primeiro deles. Vamos precisar da ajuda da comunidade, a droga é um mal e, unidos, podemos vencer. Temos de usar todas as forças para combatê-la”, afirmou.

Durante a cerimônia de lançamento, o vereador André da Farmácia ressaltou que o projeto é uma “grande oportunidade” oferecida aos jovens. Ele enfatizou que os pais também devem participar das atividades. “Pais, incentivem seus filhos a estarem aqui, venham junto, acompanhem, participem, mostrem interesse no futuro deles.”

São parceiros nesta iniciativa o Ministério Público Federal; Justiça Federal; 1ª e 2ª Vara de Execuções Penais – Fórum Estadual; Polícia Militar; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus Pantanal; Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) e Rotary Club.

Luta pela Cidadania

Iniciativa da Secretaria Nacional de Educação, Esporte, Lazer e Inclusão Social (SNELIS), da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, o Programa Luta pela Cidadania se propõe a garantir o acesso de crianças, adolescentes, jovens e adultos a modalidades de lutas e artes marciais em uma perspectiva formativa e inclusiva, que objetiva a disseminação dos princípios e valores que fundamentam estas modalidades.

Para o efetivo funcionamento dos núcleos do programa, são disponibilizados pela Secretaria Especial do Esporte recursos para a aquisição de material esportivo e para pagamento de recursos humanos. O Luta pela Cidadania dispõe ainda de material didático especialmente elaborado para direcionar suas ações pedagógicas.

Fonte: Prefeitura Municipal de Corumbá (MS)

 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla