Ministério do Esporte Secretário especial do Esporte é empossado em Brasília pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Secretário especial do Esporte é empossado em Brasília pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou, nesta terça-feira (30.04), em Brasília, da solenidade de posse do secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, o general Décio dos Santos Brasil. A nomeação do secretário foi publicada na edição do Diário Oficial da União da última segunda-feira (29.04). Antes da cerimônia, Décio Brasil reuniu-se, pela manhã, com os funcionários de todos os setores da Secretaria Especial do Esporte, ocasião em que se apresentou oficialmente para a equipe.

A cerimônia de posse, realizada no auditório da Secretaria Especial do Esporte, contou com a presença do diretor do Departamento de Desporto Militar e presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil, general Jorge Antonio Smicelato; do deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ); do secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires; da secretária executiva do Ministério da Cidadania, Tatiana Alvarenga; do secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Ronaldo Lima; e do secretário nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), Emanuel Rego.

O secretário Décio Brasil e o ministro Osmar Terra, após a assinatura do termo de posse. Foto: Monique Damasio/Ministério da CidadaniaO secretário Décio Brasil e o ministro Osmar Terra, após a assinatura do termo de posse. Foto: Monique Damasio/Ministério da Cidadania

“O general Décio Brasil traz uma experiência extraordinária na área do esporte”, elogiou o ministro Osmar Terra. “Ele já foi encarregado do esporte de alto rendimento dentro das unidades militares, e foram justamente os atletas das unidades militares os que mais medalhas deram para o Brasil nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. É uma pessoa que tem um trânsito e uma capacidade de articulação enormes, então eu acho que nós só vamos avançar”, avaliou o ministro.

Para Décio Brasil, assumir a Secretaria Especial do Esporte em um período tão movimentado quanto um ano pré-olímpico é uma tarefa motivadora. “Realmente é um desafio. Mas para nós, que temos a origem militar, os desafios são sempre apaixonantes, e na área do esporte são muito mais. Minha intenção é transmitir a experiência para poder colaborar para o engrandecimento do esporte nacional. Precisamos trabalhar bastante, com dedicação, para conquistar vitórias para o nosso país”, declarou o secretário.

O novo secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania assina o termo de sua posse. Foto: Monique Damasio/Ministério da CidadaniaO novo secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania assina o termo de sua posse. Foto: Monique Damasio/Ministério da Cidadania

Perfil

Décio dos Santos Brasil nasceu em 18 de dezembro de 1956, em Pindamonhangaba, São Paulo. É casado, tem dois filhos e um neto. Estudou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e é formado em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército, no Rio de Janeiro. O general tem ainda mestrado e doutorado em Ciências Militares e é pós-graduado em Política, Estratégia e Alta Administração do Exército.

Esportista desde a juventude, Décio Brasil praticou futebol, vôlei, basquete, natação, polo aquático e ginástica. Em 1977, foi campeão das Olimpíadas da AMAN, na prova de hipismo. Em 2000, fez o curso de Administração Esportiva pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). No mesmo ano, exerceu a vice-presidência da Comissão de Desportos do Exército (CDE), no Rio de Janeiro.

Em 2001 e 2002, foi comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Combate, em Pindamonhangaba. No período de 2010 a 2012, comandou como oficial-general a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, em Florianópolis (SC), sendo responsável pelas tropas que atenderam a população afetada pelos desastres naturais no estado. Atuou ainda na preparação e no emprego de tropas na Missão das Nações Unidas no Haiti e na pacificação das comunidades do Complexo do Alemão e da Penha no Rio de Janeiro.

No exterior, Décio Brasil foi observador militar no Conflito Equador-Peru em 1995 e Adido do Exército e da Defesa na Venezuela, nos anos de 2006 e 2007.

De 2013 a 2016, chefiou o Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), antes de se tornar vice-chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, também no Rio, em 2017. Ao longo da carreira, recebeu diversas condecorações, como a Ordem do Mérito Militar, Mérito da Defesa, Mérito Naval e Mérito Aeronáutico, além da medalha do Mérito Desportivo Militar.

Décio Brasil participou também da organização de diversos eventos esportivos. Foi o responsável pela ligação do CCFEx com o Comitê de Planejamento Operacional (CPO) para a organização dos 5º Jogos Mundiais Militares de 2011, no Rio de Janeiro, e pelas ações esportivas do Exército nos grandes eventos sediados pelo Brasil entre 2013 e 2016. Atuou ainda como coordenador do Programa de Atleta de Alto Rendimento do Exército.

Firmou com a FIFA o acordo que levou a seleção inglesa a utilizar o CCFEx como centro de treinamento durante a Copa do Mundo de 2014. Outra parceria, desta vez com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), fez do mesmo local o Centro de Treinamento de Alta Performance do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Décio Brasil foi ainda o coordenador do Exército sobre o legado esportivo olímpico.

Luiz Roberto Magalhães e Ana Cláudia Felizola - Ministério da Cidadania

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla