Ministério do Esporte Jogos Escolares da Juventude terão seis atletas olímpicos como embaixadores em Natal
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Jogos Escolares da Juventude terão seis atletas olímpicos como embaixadores em Natal

A edição 2018 dos Jogos Escolares da Juventude terá a presença de grandes nomes do esporte nacional: Fabi (vôlei), Tiago Camilo (judô), Daniele Hypolito (ginástica artística), Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Joanna Maranhão (natação) e Magnólia Figueiredo (atletismo) serão os embaixadores da maior competição estudantil do país, que ocorre entre os dias 12 e 25 de novembro, em Natal. Além deles, os jovens de 12 a 17 anos poderão interagir com a judoca Duda Vaz, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude (categoria até 78kg), e os influenciadores digitais Carol Mendonça e Rodrigo Sacramento. O objetivo do Comitê Olímpico do Brasil (COB) com a ação é inspirá-los e permitir a troca de experiências com seus ídolos.
 
Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COBFoto: Saulo Cruz/Exemplus/COB
 
“Os protagonistas dos Jogos Escolares da Juventude são os estudantes. Mas um elenco de nomes do esporte, escolhido pelo COB para cada edição, marca presença e divide as atenções. Atletas do esporte nacional, incluindo campeões olímpicos, mundiais e pan-americanos atuam como Embaixadores dos Jogos e interagem com os participantes da competição, com a missão de compartilhar suas experiências e disseminar o espírito olímpico”, disse André Mattos, coordenador geral dos Jogos Escolares. “Este ano ainda temos a novidade dos influenciadores digitais como embaixadores”, disse André.
 
Ao longo dos 14 dias de competição, os atletas participarão de uma série de atividades, como palestras, ações sociais e cerimônias de premiação. A primeira participação dos embaixadores será na abertura do evento. Daniele Hypolito, Joanna Maranhão, Duda Vaz, Magnólia Figueiredo e Rodrigo Sacramento participam da cerimônia, marcada para esta segunda-feira, dia 12, às 19h (de Brasília), no ginásio do Colégio Henrique Castriciano.
 
Esta não é a primeira vez que Daniele (presente em cinco edições de Jogos Olímpicos: 2000 a 2016), Joanna (quatro: 2004 a 2016) e Tiago (medalhista de prata em Sydney 2000 e bronze em Pequim 2008) atuam como embaixadores do evento. A ginasta esteve em Poços de Caldas 2008 e Goiânia 2010, enquanto a nadadora foi a Fortaleza 2015 e Brasília 2017. O judoca, por sua vez, participou da edição de Curitiba 2017.
 
Bicampeã olímpica em Pequim 2008 e Londres 2012, a líbero Fabi faz a sua estreia no evento. Especialista na prova dos 400m e com quatro participações olímpicas no currículo, Magnólia Figueiredo será a representante potiguar entre os embaixadores. Já Ana Marcela Cunha desembarca em Natal logo após a conquista do tetracampeonato do Circuito Mundial de maratona aquática, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).
 
Influenciadores digitais
Uma das novidades desta edição é a presença de influenciadores digitais como embaixadores. Diferentemente dos atletas, que procuram contar a sua trajetória profissional para a nova geração, os professores Carol Mendonça (português) e Rodrigo Sacramento (matemática) prometem entreter e transmitir seus conhecimentos aos jovens por meio de brincadeiras e desafios.
 
Carol Mendonça é professora de língua portuguesa há oito anos, especializada na área de preparação para concursos. É fundadora do projeto de ensino online “Português para Desesperados”, que conta atualmente com mais de 300 mil seguidores nas redes sociais, e colunista da rádio FM O Dia (Rio de Janeiro).
 
Rodrigo Sacramento é graduado em licenciatura matemática na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e ministra aulas nos principais colégios e cursos pré-vestibulares mais bem ranqueados no Enem. Além disso, apresenta o canal Plantão do Matemático, no YouTube.
 
Competição 
Organizados pelo COB desde 2005, os Jogos Escolares da Juventude são a principal competição estudantil do país. A edição nacional de Natal terá a participação de mais de 5 mil atletas de 2.136 escolas públicas e privadas de todo o Brasil, mais uma delegação do Japão, sede dos próximos Jogos Olímpicos.
 
A etapa nacional terá 14 modalidades em disputa: basquete, futsal, handebol, vôlei, atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling.
 
Os Jogos Escolares da Juventude já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano, Raulzinho, Ana Claudia Lemos e Leonardo de Deus, que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Já nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, 75 atletas da delegação brasileira tiveram passagem pelos Jogos Escolares. Da delegação brasileira que participou dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, no mês passado, 33 atletas entre 59 possíveis em 11 modalidades são oriundos da maior competição escolar do país. 
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) em parceria com o Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.
 
Fonte: Comitê Olímpico do Brasil (COB)
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla