Ministério do Esporte Maior edição dos Jogos Escolares da Juventude terá atrações esportivas, culturais e educativas
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Maior edição dos Jogos Escolares da Juventude terá atrações esportivas, culturais e educativas

A Cerimônia de Abertura dos Jogos Escolares da Juventude Natal 2018 será realizada na segunda-feira (12.11), mas a capital do Rio Grande do Norte já está quase pronta para receber cerca de 5 mil alunos-atletas participantes. Remodelada, esta será a maior edição do evento desde sua criação, em 2005, com a participação de 2.136 escolas públicas e privadas de todo o Brasil, mais uma delegação do Japão, sede dos próximos Jogos Olímpicos. Os jovens, de duas faixas-etárias (12 a 14 e 15 a 17 anos), que começam a desembarcar na cidade na segunda-feira, competirão em 14 modalidades. Além disso, também participarão de diversas atividades culturais e educativas que fazem parte do evento organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). 
 
 
“Além da identificação de atletas para o alto rendimento, o objetivo dos Jogos Escolares é contribuir para a inserção social e o fortalecimento da cidadania dos jovens através do esporte, criando oportunidades para que todos conheçam novas cidades, pessoas e culturas. Em Natal, mais uma vez os jovens terão à disposição uma série de eventos paralelos. O programa educativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos valores olímpicos”, disse André Mattos, coordenador dos Jogos Escolares. 
 
Os Jogos Escolares da Juventude são realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) com apoio do Ministério do Esporte e do Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.
 
No Centro de Convivência do evento, montado no Centro de Convenções de Natal, os jovens contarão com uma programação cultural e educativa especial. Antes e depois das refeições, vão interagir num espaço criado só para eles, onde encontrarão oficina de bolas, com totó e tênis de mesa; exposição de uniformes do Time Brasil e itens olímpicos (medalhas e mascotes); lan house, biblioteca, clínicas esportivas (com basquete 3x3 e curling); estandes da ABDC (Autoridade Brasileira de Controle de Doping), ONU Mulher, Grupo Globo, entre outras atrações.
 
O Programa Cultural e Educativo, realizado em parceria com a UFRN e Secretaria Estadual de Cultura, terá apresentação de grupos de dança, capoeira, folclore local e hip hop, entre outras atrações. O evento trabalhará também o conceito de ‘mindfulness’ (atenção plena ao que estamos fazendo no momento), com exercícios e dicas práticas para o desenvolvimento dessa habilidade nos jovens participantes. No Centro de Convivência, serão realizadas oficinas do pensamento, com jogos, enigmas e brincadeiras.
 
O Transforma, programa de promoção dos Valores Olímpicos do COB, vai levar alunos de escolas municipais para interagirem com as atrações do Centro de Convivência dos Jogos, dias 19, 20 e 23. Além disso, a Operação Praia Limpa, em conjunto com a ONU Meio Ambiente, vai realizar uma ação de limpeza da praia de Ponta Negra, no dia 22. 
 
 
Programação esportiva
A etapa nacional terá 14 modalidades em disputa: basquete, futsal, handebol, vôlei, atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling.
 
Os Jogos Escolares da Juventude já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano, Raulzinho, Ana Claudia Lemos e Leonardo de Deus, que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Já nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, 75 atletas da delegação brasileira tiveram passagem pelos Jogos Escolares. Da delegação brasileira que participou dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, no mês passado, 33 atletas entre 59 possíveis em 11 modalidades são oriundos da maior competição escolar do país. 
 
Fonte: Comitê Olímpico do Brasil
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla