Ministério do Esporte Parque Olímpico da Barra vai sediar os Jogos Universitários em novembro
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Parque Olímpico da Barra vai sediar os Jogos Universitários em novembro

A Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) vai abrir as portas das arenas 1 e 2 do Parque Olímpico da Barra (POB) entre os dias 2 e 5 de novembro para receber o "1º Jogos Universitários". O evento, de iniciativa da Agência JC2 Esportes, vai reunir 2.000 atletas de oito modalidades esportivas e receber um público de aproximadamente quatro mil pessoas/dia.

De acordo com Lucas Romano, um dos organizadores dos Jogos, a realização das competições em um dos legados olímpicos é uma forma de prestigiar os atletas universitários. "Trazer esse evento para o Parque Olímpico é uma maneira de premiar esses estudantes que são atletas sérios e que treinam em estruturas profissionais, com apoio de fisioterapeutas e treinadores, e em busca da elevação do nível esportivo", justificou Romano.

Foto: Danilo Borges/MEFoto: Danilo Borges/ME

Os Jogos, que oferecem competições nas modalidades basquete, futsal, vôlei de quadra, handebol, futebol de campo, judô, jiu-jitsu e tênis de mesa, vão reunir atletas entre 18 e 30 anos de faculdades da região sudeste. Entre os competidores, alunos dos cursos de Engenharia da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e de Comunicação da Mackenzie, SP.

Além da premiação com medalhas para os vencedores, ainda haverá troféus para os melhores jogadores de cada modalidade, bem como premiações de parceiros dos Jogos. As melhores torcidas também serão recompensadas.

Para o presidente da AGLO, Paulo Márcio, essa é uma oportunidade de a autarquia "fechar com chave de ouro" as ações deste ano dentro do legado olímpico. "A gente está com um calendário perene de eventos esportivos e não esportivos até dezembro completamente preenchido. E ano que vem, inclusive, nós queremos trazer eventos internacionais como a Liga Mundial de Vôlei, o Grand Prix de Vôlei e também o campeonato mundial de ciclismo. Para 2019, a ideia é, entre outros eventos, trazermos o Rio Open. E tudo isso a gente já está negociando com as federações esportivas internacionais.

De acordo com o presidente da AGLO, com vistas no investimento de futuros atletas brasileiros, a autarquia tem firmado um termo de cooperação com a UERJ, para levar ao Parque Olímpico um Centro de Estudo e Pesquisa voltado ao Desporto.

Rede Hoteleira

A AGLO fez uma parceria com 12 hotéis no raio de 10 km do entorno do Parque Olímpico da Barra. A ideia é hospedar atletas, delegações esportivas e membros das organizações e entidades que venham participar de atividades no Parque da Barra e de Deodoro. Mas a proposta também atende os estudantes que vão competir nos Jogos Universitários de novembro.

No acordo firmado com a rede hoteleira, que vai oferecer quartos duplos e com café da manhã a um custo de R$ 90, ainda há exigência da AGLO para que os hotéis disponham de atendimento especializado para pessoas de mobilidade reduzida. Os hotéis são: Américas Barra Hotéis e Eventos, Barra First Class – Promenade, Best Western Rio Convention Suítes, Bourbon Barra Premium Residence, Suítes Riocentro Verano Stay, Grand Mercure Rio Riocentro, Hilton Barra Rio de Janeiro, Link Stay – Promenade, Marriott - Courtyard Marriott, Quality Rio de Janeiro Barra, Ramada Encore Ribalta, Rio Stay – Promenade.

Fonte: Autoridade de Governança do Legado Olímpico

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla