Ministério do Esporte Brasil participa na França da principal conferência mundial na luta contra o doping
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Brasil participa na França da principal conferência mundial na luta contra o doping

A capital francesa recebe, nesta segunda e terça (25 e 26.09), mais de 400 representantes de governos e de agências nacionais públicas e privadas ligadas ao controle de dopagem para a Convenção das Partes. Realizado a cada dois anos em Paris na sede da Unesco, o evento chega à sexta edição e tem como meta ratificar acordos de cooperação e avaliar os esforços feitos pelos países na luta pelo jogo limpo.

Salão onde será realizada a conferência nesta segunda-feira. Foto: Gustavo Cunha/brasil2016.gov.brSalão onde será realizada a conferência nesta segunda-feira. Foto: Gustavo Cunha/brasil2016.gov.br

"Entram aí muitos aspectos técnicos, sobre como está funcionando o doping em cada país, o que os governos estão fazendo em relação ao tráfico de substâncias proibidas, como as fronteiras estão sendo trabalhadas, como as aduaneiras estão agindo, esse tipo de situação. É o principal fórum de trabalho entre Unesco, governos e agências antidopagem", afirmou Sandro Teixeira, assessor da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) e representante da entidade no evento. O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, também estará presente.

Segundo Sandro, o Brasil traz ao evento os resultados que julga "expressivos". "No último ano vivemos Jogos Olímpicos com um controle de dopagem realizado em nosso país intensamente elogiado. A ABCD saiu da situação de não conformidade com a Agência Mundial Antidoping (Wada). Isso trouxe para o Brasil credibilidade e confiabilidade", disse, Teixeira, que avalia ainda a criação do Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem como mais um passo importante na consolidação das prioridades do país no setor.

Na agenda de discussões estão previstas palestras como "A Integridade do Esporte e valores educacionais pelo esporte", apresentações de repercussões de investigações especiais, como a do relatório independente McLaren, assim como espaço para discussões de revisões de política antidopagem na Rússia, país que sofreu sanções em competições internacionais por acusações de doping. A conferência de Paris tem, ainda, a missão de determinar de que forma os recursos do Fundo para Eliminação do Doping no Esporte merecem ser investidos.

» Confira a programação completa (em inglês)

Além dos Estados Nacionais, representantes do Comitê Olímpico Internacional (COI), do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), da Interpol, do Conselho da União Europeia e do Comitê Intergovernamental de Educação e Física e Esporte são convidados como observadores.

De Paris, Gustavo Cunha - rededoesporte.gov.br 

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla