Ministério do Esporte Países da CPLP declaram solidariedade ao Brasil após incêndio no Velódromo Olímpico
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Países da CPLP declaram solidariedade ao Brasil após incêndio no Velódromo Olímpico

Em um dia de tristeza para o esporte brasileiro, por conta do incêndio no Velódromo do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, o Brasil recebeu duplo apoio dos países lusófonos, reunidos do outro lado do Atlântico. O documento final da 10ª Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, encerrada neste domingo (30.07) em Caminha, no Noroeste de Portugal, incluiu resolução de solidariedade ao Brasil.

Ao mesmo tempo em que elogiaram o sucesso na organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, os ministros e secretários de Esporte e da Juventude dos membros da CPLP – além do Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – decidiram incluir no documento de encerramento da conferência uma resolução de apoio ao país diante do incêndio que danificou o teto do Velódromo, causado pela queda de um balão na madrugada de domingo.

O secretário de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social do Ministério do Esporte do Brasil, Leandro Cruz, que representou o ministro Leonardo Picciani na conferência em Portugal, apresentou durante a reunião final um vídeo sobre competições e projetos que vinham sendo realizados no Velódromo Olímpico. “No último dia 8, reunimos mais de 400 crianças no lançamento das inscrições para o Esporte e Cidadania para Todos, que oferece 12 modalidades esportivas para estudantes da rede pública e jovens que cumprem medidas socioeducativas“, lembrou o secretário. “O Velódromo sediou várias competições e treinamentos desde maio e teria mais uma neste domingo: o Festival Carioquinha de Caratê”, informou Leandro Cruz aos colegas lusófonos.

O secretário Leandro Cruz (E) representou o Ministério do Esporte na Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Foto: Paulo Rossi/MEO secretário Leandro Cruz (E) representou o Ministério do Esporte na Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Foto: Paulo Rossi/ME

Presidida pelo ministro da Educação e do Desporto de Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, a conferência na cidade medieval de Caminha – quase na fronteira com a Espanha – definiu São Tomé e Príncipe como sede dos próximos Jogos da CPLP, em julho de 2018. Os representantes da ilha da costa oeste da África, que também receberá no ano que vem a 11ª Conferência de Ministros da Juventude e Desporto, revelaram dificuldades para sediar os Jogos, principalmente na área de alojamento e alimentação dos atletas.

Por sugestão de Leandro Cruz, foi acrescentado ao texto do documento final da conferência em Caminha uma resolução de suporte a São Tomé e Príncipe para vencer as dificuldades de organização. “O Brasil pode ajudar com recursos humanos e com material esportivo”, ofereceu. Outra ideia defendida pelo secretário nacional e referendada pelos pares lusófonos foi a entrada em pauta, na conferência do ano que vem, da discussão sobre a participação de atletas universitários nos Jogos da CPLP – atualmente, a competição é disputada por alunos do ensino médio.

Ao discursar no encerramento da conferência, o ministro português Tiago B. Rodrigues destacou a “necessidade de estar juntos” dos países de língua portuguesa. “Somos uma sociedade que, nas suas diferenças, construirá a coesão”, afirmou. Na rotatividade de países, ficou acertado que o Brasil receberá os Jogos da CPLP em 2022.

Foto: Paulo Rossi/MEFoto: Paulo Rossi/ME

Centros de treinamento

No sábado (29.07), a comitiva da Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da CPLP visitou em Melgaço, na fronteira de Portugal com a Espanha, a Escola Superior de Desporto e Lazer. Criada em 2001, a instituição acadêmica oferece infraestrutura de treinamento para modalidades como futebol, atletismo, basquete, handebol e ciclismo, além de laboratórios de movimento e de fitness.

Tiago Brandão Rodrigues aproveitou a visita para assinar parceria entre o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), ligado a seu ministério, e o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, que administra a escola. O acordo viabiliza a gestão da plataforma digital do Sistema Nacional de Informação Desportiva (SNID), criado para identificar e integrar os centros de treinamento espalhados pelo país. “Era fundamental mostrar aos colegas da CPLP este instituto de alto nível”, disse o ministro.

Presente à visita, ao lado de ministros, secretários e diretores esportivos dos demais países da CPLP, Leandro Cruz revelou a Tiago B. Rodrigues o interesse do Ministério do Esporte do Brasil no projeto português. “Pode ser uma ferramenta importante na consolidação de nossa Rede Nacional de Treinamento”, avaliou o secretário, lembrando que o Brasil construiu ou reformou, no ciclo olímpico dos Jogos Rio 2016, centros de treinamento e pistas de atletismo em todas as regiões do país.

Também no sábado, os representantes de Esporte e da Juventude dos países lusófonos visitaram a 8ª Bienal de Jovens Criadores da CPLP, em Cerveira. Durante a cerimônia de encerramento, foi anunciado que Angola sediará a próxima edição da exposição, em 2019.

Leia também: 

» Secretário Leandro Cruz apresenta em Conferência de Esporte da CPLP a experiência de legado olímpico e projetos sociais

 

Paulo Rossi, de Caminha (Portugal)
Ascom – Ministério do Esporte

 
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla