Ministério do Esporte CBVela será a primeira entidade de esporte olímpico a contar com voto de atletas na eleição presidencial
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

CBVela será a primeira entidade de esporte olímpico a contar com voto de atletas na eleição presidencial

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) se tornou a primeira entidade do esporte olímpico nacional a contar com voto direto de atletas na eleição presidencial. Com aprovação do novo estatuto, atletas, técnicos, oficiais de regata e medalhistas olímpicos passaram a ter direito a voto. A alteração foi decidida na Assembleia Geral da confederação, realizada no último fim de semana, no Iate Clube de Brasília.

Para o secretário substituto de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Daniel Chierighini, a mudança é um marco na governança esportiva nacional. “A democratização das entidades nacionais de desporto ganha novo fôlego com a decisão da CBVela”, analisou Chierighini.  

O próximo pleito da CBVela será no segundo semestre de 2020, ao fim do ciclo olímpico dos Jogos de Tóquio. Outra mudança aprovada foi a separação do mandato do Conselho Fiscal do mandato do presidente. O Conselho passará a ser eleito dois anos após o pleito presidencial, garantindo maior autonomia para a fiscalização da entidade.

“A proposta de alteração do estatuto já vinha sendo discutida internamente há pelo menos um ano. O objetivo é ampliar a participação de quem faz o esporte no dia a dia, sobretudo os atletas. É democratizar o processo eleitoral. É inovar, adotando uma regra inédita no esporte nacional. Com sabedoria e visão de futuro, a Assembleia entendeu que agora era a hora de dar esse passo”, explicou o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro.

Para definir os critérios de elegibilidade de quem pode votar e quem pode ser candidato, será formada uma comissão eleitoral, com representação garantida dos atletas. O regulamento da votação será amplamente divulgado no mínimo 180 dias antes do pleito, informando as normas, os prazos e o formato da eleição para presidente.

Com sete medalhas, a vela é a modalidade com o maior número de ouros olímpicos na história do esporte do Brasil. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 18 pódios em Jogos Olímpicos.

Ascom – Ministério do Esporte, com informações da CBVela

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla