Ministério do Esporte Ministério do Esporte apoia candidatura do Rio de Janeiro para sediar o Americas Master Games 2020
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ministério do Esporte apoia candidatura do Rio de Janeiro para sediar o Americas Master Games 2020

Secretário Luiz Lima, que também é atleta, em mais um pódio. Ele vai competir no Mundial Máster da Nova Zelândia, em abril. Foto: divulgaçãoSecretário Luiz Lima, que também é atleta, em mais um pódio. Ele vai competir no Mundial Máster da Nova Zelândia, em abril. Foto: divulgaçãoO secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Luiz Lima, apresentou na última semana carta de total apoio do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, à candidatura da cidade do Rio de Janeiro para sediar o Americas Master Games 2020. Os Jogos Pan-Americanos são uma competição de 10 dias voltada a atletas com mais de 30 anos, em várias modalidades. Segundo o secretário, será uma grande oportunidade de utilização de alguns equipamentos do Parque Olímpico da Barra agora sob gestão da pasta, e promoverá a imagem da cidade como destino turístico e esportivo.

“Estamos desde novembro articulando com a equipe que está promovendo o Pan-Americano Máster no Rio de Janeiro, que está concorrendo com Cali, na Colômbia, e Cleveland, nos Estados Unidos. É uma competição superinteressante para o nosso país, em geral, mas principalmente para a cidade do Rio de Janeiro. Será mais um evento para o uso de todo esse equipamento esportivo”, disse Luiz Lima.

De acordo com o secretário, o evento tem a previsão de receber mais de 10 mil atletas, quantidade muito parecida com a dos Jogos Olímpicos, mas não haverá vila olímpica. “Os atletas ficarão em hotéis, quase 100% deles com familiares. Existe uma previsão que nos Jogos Pan-Americanos másteres possa haver um retorno para a cidade que talvez até supere o das Olimpíadas em termos de hotelaria”, acentuou.

Luiz Lima ressaltou que, pouco antes do Mundial Máster, que será na Nova Zelândia, no fim de abril, será escolhida a sede do Pan-Americano Master de 2020, na Suíça. “Logo depois terá o Mundial da Nova Zelândia, em que, se tudo der certo, o Brasil já poderá, como sede, atuar de forma promocional sobre os Jogos no Rio”, frisou.

Secretário e atleta

O secretário Luiz Lima vai à Nova Zelândia competir. “Vou estar na categoria máster, 40-44 anos. Já estou inscrito nessa competição há mais de um ano, antes de ser secretário nacional. Vou à Nova Zelândia no dia 18 de abril, se Deus quiser, já para representar o país-sede dos Jogos Pan-Americanos Masters de 2020", afirmou. Representantes do Comitê Máster Mundial ficaram impressionados com o fato de um secretario nacional de Esporte disputar o Mundial da Nova Zelândia.

Professor de educação física, ele foi atleta olímpico em Atlanta 1996 e Sydney 2000.

Emília Andrade
Ascom – Ministério do Esporte
 
 
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla