Ministério do Esporte Ministério promove 1º Workshop Técnico do Centro de Iniciação ao Esporte
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ministério promove 1º Workshop Técnico do Centro de Iniciação ao Esporte

Foto: Francisco MedeirosFoto: Francisco Medeiros
 
O Ministério do Esporte promoveu o 1º Workshop Técnico do Centro de Iniciação ao Esporte – 2017 nesta quinta-feira (09.03), no auditório principal da sede, em Brasília. O objetivo é melhorar a execução e os resultados do programa nivelando as informações entre os diversos gestores, bem como fomentar a adequada execução das obras e da elaboração do Plano de Gestão. 
 
Os Centros de Iniciação ao Esporte fazem parte da Rede Nacional de Treinamento e são destinados a identificar talentos, formar atletas e incentivar a prática esportiva em territórios de vulnerabilidade social, com instalações esportivas que seguem requisitos oficiais. Atualmente, há 229 contratos ativos que correspondem a 221 municípios. Desses, mais de 40% das operações já têm Autorização de Início de Obra (AIO) da pasta.  Os investimentos na construção dos CIEs ultrapassam R$ 800 milhões. 
 
O evento foi destinado aos gestores municipais responsáveis pelo acompanhamento das obras e pela administração esportiva da instalação. Estiveram presentes representantes convidados das áreas de obras e de esporte, além de prefeitos de 50 municípios, totalizando 120 participantes. 
 
“Esse projeto é de suma importância para o Ministério do Esporte. É uma oportunidade única de elevar a qualidade de vida das pessoas do Brasil por meio do esporte”, destacou o secretário executivo do órgão, Fernando Avelino.
 
Temas como Rede Nacional de Treinamento, acompanhamento de obras, principais tipologias de problemas em obras públicas de edificações e gestão de equipamentos esportivos também fizeram parte da programação. 
 
O secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Luiz Lima, chamou a atenção para a importância da boa administração dos Centros de Iniciação ao Esporte pelos gestores municipais. “Vocês terão nas suas cidades a oportunidade de oferecer a jovens, crianças e adultos a possibilidade de praticar atividades esportivas. É muito importante que vocês tenham uma boa gestão desse equipamento. Vocês vão ganhar um equipamento maravilhoso, mas é preciso prestar atenção na gerência deles”, disse. Ele atentou também para a necessidade de não se fazer separação por classe social, pois a proposta do CIE é de integração.
 
Pioneiro
 
De acordo com prefeito de Franco da Rocha (SP), Kiko Celeguim, primeiro município a construir um Centro de Iniciação ao Esporte no país,  o equipamento que é muito utilizado pela população. “A nossa cidade tem imensas dificuldades sociais. Quando fomos visitar o equipamento, após cerca de 9 meses de uso, com a equipe do ministério, não havia uma só pichação e não tinha nada quebrado, ou seja, não podemos pensar em ter um equipamento desse ‘de costas’ para a população, para a comunidade em que ele está instalado. É isso que vai fazer com que as pessoas incorporem esse equipamento e zelem por ele”, afirmou o prefeito. 
 
O CIE de Franco da Rocha conta com um ginásio poliesportivo, arquibancada retrátil, vestiários, chuveiros, enfermaria, área de apoio com administração, depósito, mezanino, academia e arena poliesportiva externa. No local, foram investidos mais de 3,5 milhões de reais, o que foi possível graças a uma parceria da prefeitura com o Governo Federal. 
 
O local tem o objetivo de formar atletas, identificar talentos, e incentivar a prática esportiva em territórios de vulnerabilidade social. Para os interessados em praticar algum esporte, são oferecidas diversas modalidades no CIE, entre elas futsal, voleibol, handebol e basquete.
 
Os gestores municipais receberam ainda informações gerais sobre o programa, orientações sobre fiscalização de obras públicas, que visam fomentar a melhoria no cumprimento dos prazos e na qualidade do objeto contrato, além de diretrizes para a elaboração do Plano de Gestão, documento fundamental para planejar a devida utilização do CIE e condição para a prestação de contas final do contrato. 
 
Liliane Borba
Ascom – Ministério do Esporte
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla