Ministério do Esporte Daniel Nascimento conquista ouro no Sul-Americano de Cross Country
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Daniel Nascimento conquista ouro no Sul-Americano de Cross Country

O fundista Daniel Ferreira do Nascimento foi o destaque da Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano de Cross Country, realizado neste domingo (19.02), em Santiago. O corredor de 18 anos, nascido em Paraguaçu Paulista (SP), completou os 8 km da prova em 23:14, confirmando seu favoritismo na categoria sub-20. Com o resultado, Daniel garantiu participação no Mundial da modalidade, marcado para o próximo dia 26 de março, em Kampala, em Uganda.
 
Será o segundo Mundial da carreira de Daniel, que conquistou a medalha de ouro na mesma categoria no Campeonato Pan-Americano de Cross Country, em Vargas, na Venezuela, no ano passado. E em 2014, ele foi campeão sul-americano sub-18 em Assunção, no Paraguai. "Daniel é um atleta aplicado e determinado", comentou o técnico Alex Sandro Lopes, que o orienta na Orcampi Unimed, em Campinas.
 
No Chile, Daniel manteve um ritmo forte no circuito de 2 km, montado no Parque Padre Hurtado, basicamente de grama e cascalho. Ele terminou com mais de dois minutos de vantagem sobre o colombiano Carlos Hernández (que fez 25:28) e o peruano Omar Ramos (com 25:52), respectivamente segundo e terceiro colocados.
 
Na categoria adulta, Gilberto Silvestre Lopes ficou com a medalha de bronze ao terminar os 10 km em 30:53. Ele foi superado pelos peruanos René Champi, campeão com 30:46, que terminou cinco segundo à frente de Walter Nina, medalha de prata.
 
A terceira medalha brasileira foi conquistada por Pedro Henrique de Oliveira nos 6 km sub-18. Ele completou as três voltas no circuito em segundo lugar, com 21:01. O vencedor foi o chileno Patricio Pinto, com 20:39, enquanto seu compatriota Lucas Garrido Silva ficou em terceiro, com 21:11. No feminino, o melhor resultado foi obtido por Tatiane Raquel da Silva, sétima colocada nos 10 km adulto, com 36:38. Graziele Zarri não completou o percurso nos 6 km sub-20.
 
O Brasil participou do Campeonato Sul-Americano de Cross Country com recursos do Programa Caixa de Seleções Nacionais da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), patrocinada pela Caixa Econômica Federal.
 
Fonte: CBAt
 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla