Ministério do Esporte Grand Prix Infraero de Judô para Cegos começa neste sábado, em Belém
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Grand Prix Infraero de Judô para Cegos começa neste sábado, em Belém

Um dos principais polos do esporte paralímpico, Belém vai receber centenas de judocas para a disputa do Grand Prix Infraero de Judô para Cegos – Etapa Final. A competição acontece no próximo sábado (12.11), no ginásio do SESI, a partir das 08h30. As disputadas pelo pódio acontecem na categoria adulta, com 13 divisões de peso – sete no masculino e seis no feminino –, e na categoria iniciante, onde muitos atletas são revelados todos os anos.

Alana comemora vitória durante os Jogos Rio 2016. (Foto: Gabriel Heusi/Brasil2016.gov.br)Alana comemora vitória durante os Jogos Rio 2016. (Foto: Gabriel Heusi/Brasil2016.gov.br)

Os judocas inscritos na competição são de 14 estados mais o Distrito Federal. Entre os participantes estão aqueles que representaram o Brasil nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, inclusive os medalhistas Antônio Tenório, Wilians Araújo, Lúcia Teixeira e Alana Maldonado.

"Foi uma realização muito grande participar da minha primeira Paralimpíada e conquistar este grande resultado, a medalha de prata. Agora é planejar o novo ciclo já com a disputa do Grand Prix", disse Alana Maldonado, vice-campeã nos Jogos Paralímpicos.

A competição é uma realização da CBDV, patrocínio da Infraero e apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro, Núcleo de Articulação e Cidadania - NAC, Federação Paraense de Judô - FPAJU, Associação Souza Filho de Artes Marciais – ASFAM, Projeto Social Dorinha, SESI e TV Liberal.

Fonte: CBDV

Ascom - Ministério do Esporte

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla