Ministério do Esporte Latino-Americano Mirim de tênis de mesa: Giulia Takahashi brilha e fatura quatro medalhas no Peru
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Latino-Americano Mirim de tênis de mesa: Giulia Takahashi brilha e fatura quatro medalhas no Peru

DivulgaçãoDivulgação
O Campeonato Latino-Americano Mirim e Pré-Mirim acabou domingo (30) e o Brasil fez bonito ao conquistar cinco medalhas em Lima, no Peru. Mas uma brasileira em especial deu um show na competição: Giulia Takahashi. Ela faturou quatro medalhas - um ouro no individual mirim (uma categoria acima da sua) e três bronzes (duplas mistas mirim, duplas femininas pré-mirim e por equipes pré-mirim).
 
O campeonato no individual mirim não poderia ter sido conquistado de maneira mais perfeita por Giulia. Apesar de estar jogando uma categoria acima, a brasileira se mostrou amplamente superiora às suas adversárias e venceu todos os seus jogos sem perder um único set.
 
No Grupo 2 da fase de grupos no individual mirim, a irmã de Bruna Takahashi bateu Ana Aragón, do Peru, e Paula Gomez, da Costa Rica, ambas por 3 a 0. As parciais contra a primeira foram de 11/5, 11/1 e 11/5, já contra a segunda foram 11/3, 11/4 e 11/6. Logo depois, superou a peruana Francesca Escobedo por 3 a 0 (11/8, 11/7 e 15/13) nas oitavas de final. Nas quartas de final, superou a colombiana Alejandra Alzate pelo mesmo placar, parciais de 11/8, 11/7 e 11/3.
 
Apesar de estar nas semifinais, Giulia não encontrou dificuldade. A brasileira encarou a mexicana Marbella Aceves e também venceu por 3 a 0, com parciais de 11/7, 11/7 e 12/10. A grande decisão foi entre ela e a portorriquenha Kassandra Maldonado e a irmã de Bruna se sagrou campeã ao vencer por 3 a 0, com parciais 12/10, 11/7 e 11/9.
 
Giulia ainda faturou mais duas medalhas ao lado de Laira Silva. No torneio de duplas femininas pré-mirim, elas perderam nas semifinais para a parceria do Porto Rico, Brianna Burgos e Daymar Castro, por 3 a 2 (7/11, 11/4, 4/11, 11/7 e 11/7) e ficaram com o bronze. Ainda ao lado de Laira, ela faturou o bronze na competição por equipes pré-mirim ao ser derrotada pelo time de Porto Rico A por 3 jogos a 2.
 
A brasileira ainda faturou mais um bronze, agora, ao lado de Kenzo Carmo. Nas duplas mistas mirim, eles enfrentaram os mexicanos Juan Gomez e Marbella Aceves nas semifinais e foram batidos por 3 sets a 0 (11/3, 11/6 e 11/8). Kenzo ainda conquistou mais um terceiro lugar para o Brasil. Ele chegou às semifinais do individual mirim e foi derrotado pelo peruano Carlos Fernandez por 3 a 2, com parciais de 13/11, 4/11, 13/11, 10/12 e 11/7).
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 
Fonte: CBTM
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla