Ministério do Esporte Luiz André de Figueiredo Mello é empossado presidente da Apfut
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Luiz André de Figueiredo Mello é empossado presidente da Apfut

Nesta terça-feira (27.09), o carioca Luiz André de Figueiredo Mello foi empossado como presidente da Autoridade Pública de Governança do Futebol, a Apfut. Agora, oficialmente no cargo da entidade criada com o objetivo de fiscalizar e, eventualmente, aplicar sanções aos clubes que aderiram ao Profut, o programa que, mediante contrapartidas, refinancia as dívidas das entidades de prática do desporto junto à União, Luiz André de Figueiredo Mello quer dar celeridade às ações previstas no Programa. 
 
“Primeiro foi uma honra ser escolhido para exercer essa função pelo ministro (Leonardo Picciani). Agora, nosso primeiro passo será fazer um regimento interno. Estou buscando uma equipe para definirmos como serão os procedimentos da Apfut para que ela possa andar nos próximos meses. Estamos fazendo um esboço desse regimento, traçando algumas diretrizes. Minha ideia é que em breve a gente tenha uma reunião com o plenário da Apfut”, explicou.
 
Luiz André de Figueiredo falou sobre a importância da lei do Profut para os clubes. “A lei tem um ponto educacional, além mesmo do fato do refinanciamento. Ele não é um simples perdão de dívida. Ele é um dos poucos, caso não seja o único programa que a gente tem que será possível analisar a gestão dos clubes. Os clubes que aderirem vão vivenciar um momento muito bom. Temos clubes que vem se destacando. Será mais uma ferramenta para que os clubes resolvam seus problemas, sejam eles financeiros ou de competição”.
 
O presidente da entidade também comentou sobre os demais membros da Apfut e quer o mais breve possível conseguir se reunir com o plenário da Autoridade Pública de Governança do Futebol. “Nos próximos dias, será publicado um decreto para definir a questão dos membros da Apfut. A princípio, o ministro falou que podem ter mudanças apenas por uma questão de mudanças ministeriais, mas os nomes indicados pela sociedade civil devem seguir os mesmos”. 
 
O advogado carioca Luiz André de Figueiredo Mello, 36 anos, já trabalhou na Golden Goal Sports Ventures, por onde fez consultoria a clubes e ao próprio Ministério do Esporte, e vinha atuando como diretor executivo da ICON Brazil, empresa que atuou nos megaeventos recentes no país, como Copa das Confederações e Copa do Mundo.
 
Memória
Em 5 de agosto de 2015, o governo federal sancionou a MP 671, a MP do Futebol, conhecida como Profut. O documento, que agora passa a ser lei, trata do refinanciamento das dívidas dos clubes de futebol com a União -  estimadas em cerca de R$ 4 bilhões - em troca de novas regras de gestão, incluindo o chamado "fair play" financeiro, que prevê o rebaixamento de inadimplentes. Os clubes interessados em parcelar seus débitos com maior prazo devem aderir ao Programa de Modernização do Futebol Brasileiro (Profut).
 
Petronilo Oliveira
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla