Ministério do Esporte Paraná se destaca nos torneios de duplas feminina e mista do tênis de mesa
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Paraná se destaca nos torneios de duplas feminina e mista do tênis de mesa

Foram encerrados no fim da tarde da quinta-feira, dia 22, os torneios de duplas do tênis de mesa dos Jogos Escolares da Juventude, para alunos-atletas de 12 a 14 anos. Destaque para as paranaenses que conquistaram os títulos nas duplas feminina e mista. Os torneios individuais, masculino e feminino, acontecem nesta sexta-feira, na Funad, em João Pessoa (PB).
 
Paranaenses Isabella Ayane Silva e Ana Carolina Bonsere. (Foto:William Lucas/Exemplus/COB)Paranaenses Isabella Ayane Silva e Ana Carolina Bonsere. (Foto:William Lucas/Exemplus/COB)
 
Na final de duplas feminina, as paranaenses Isabella Ayane Silva (Colégio Estadual Barão Rio Branco) e Ana Carolina Bonsere (Colégio Lasalle) derrotaram as irmãs gaúchas Tainara e Thaís Tanaka (ambas da E.E.E.M 10 de setembro) por 3 sets a 0, com parciais de 11/5, 11/4 e 11/7. A decisão entre Paraná e Rio Grande do Sul foi uma reedição da final por equipes, realizada na quarta-feira, quando as gaúchas levaram a melhor.
 
“A semifinal foi bem mais complicada do que a final (vitória sobre Santa Catarina por 3 sets 2, parciais de 9/11, 11/4, 8/11, 11/2 e 13/11). Mas apesar do placar de 3 a 0 a competição foi muito difícil, o nível estava bem elevado”, disse Isabella, de 14 anos, que praticava vôlei, mas por incentivo dos primos iniciou a carreira no tênis de mesa há três anos.
 
“Ainda tenho muito a evoluir. Preciso treinar mais porque vejo que tem meninas bem mais habilidosas. Acho que falta um pouco de confiança também no meu jogo”, afirmou, com sinceridade. “Foi uma experiência legal, adversárias bem difíceis, pude experimentar coisas novas, jogar contra adversárias de estilos diferentes”.
 
Para Ana Bonsere, de 13 anos, o trabalho em equipe foi a grande diferença entre as decisões das duplas e por equipes. “Nós trabalhamos mais em equipe e conseguimos colocar mais bolas na mesa. Além disso, nossos ataques entraram mais e estávamos mais soltas, por isso, tivemos menos dificuldade”, analisou.
 
Na final de duplas mistas, Ana Bonsere voltou a subir ao alto do pódio. Ela fez dupla com Joon Shim (Colégio Ateneu) e, após bela campanha, fez uma decisão impecável contra a parceria do Rio Grande do Sul formada por Lucca Fellipi (EEB Raulino Horn) e Maria Eduarda Magagnin (EPAV), e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 11/8, 11/5 e 11/5.
 
Joon afirmou logo após a partida que a estratégia de jogo da dupla foi fundamental na vitória. “O nosso técnico (William Kumagai) me ajudou bastante a escolher as jogadas que a gente deveria explorar, além disso, a minha parceira também me orientou em algumas bolas que eu estava errando muito”, disse.
 
As medalhas de bronze do torneio de duplas feminino ficaram com as mesa-tenistas do Rio de Janeiro (Danyele Oliveira e Thamires Farias) e Santa Catarina (Lhays Stolarski e Maria Magagnin). Já no de duplas mistas, os bronzes foram para Claudio e Danyele Oliveira, do Rio de Janeiro, e João Paulo e Anne Santana, de Sergipe.
 
Resultados finais:
Duplas (feminino)
Paraná 3 x 0 Rio Grande do Sul (parciais de 11 x 5, 11 x 4 e 11 x 7)
Duplas (mistas)
Paraná 3 x 0 Santa Catarina (parciais de 11 x 8, 11 x 5 e 11 x 5)
Duplas (masculino)
Santa Catarina 3 x 0 Pernambuco (parciais de 11 x 9, 11 x 6 e 11 x 4)
Equipes (feminino)
Rio Grande do Sul 3 x 2 Paraná
Equipes (masculino)
Santa Catarina 3 x 0 Sergipe
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa e patrocínio máster da Coca-Cola.
 
Fonte: COB
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla