Ministério do Esporte Boltinho do Mato Grosso conquista ouro nos 100m com barreiras em João Pessoa
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Boltinho do Mato Grosso conquista ouro nos 100m com barreiras em João Pessoa

Gaspar Nóbrega/Exemplus/COBGaspar Nóbrega/Exemplus/COB
Apelidado de Boltinho em alusão ao jamaicano Usain Bolt, o jovem Eric Vitor da Silva venceu os 100m com barreiras dos Jogos Escolares da Juventude João Pessoa 2016, em prova disputada na manhã desta quinta-feira, dia 22, na UFPB. Atleta da Escola Estadual 13 de Maio, de Sorriso (MT), Eric marcou o tempo de 13s50, novo recorde da competição.
 
"Estou muito emocionado. O apelido traz uma responsabilidade grande. O Bolt (tricampeão olímpico nos 100m, 200m e revezamento 4x100m rasos, além de recordista mundial das três provas) é sim um dos meus ídolos, mas gosto muito também do Johan Blake e do Justin Gatlin", disse o jovem de 14 anos, logo após a prova.
 
A medalha de prata ficou com Gabriel Ferreira, da Escola Municipal Professor Licurgo de Oliveira, com 14s30, e o bronze foi para Welinton de Souza Lopes, do Centro Educacional São Bartolomeu (DF), com 14s65.
 
Essa foi a segunda participação de Eric nos Jogos Escolares da Juventude. No ano passado, em Fortaleza 2015, ele ficou na quinta colocação na mesma prova. O professor de educação física de Boltinho na escola, Marcos Vieira, que descobriu o talento do jovem atleta, que sonha em representar o Brasil nas principais competições internacionais.
 
"Meu sonho é disputar os Jogos Olímpicos. Mas tenho que treinar muito para isso", disse o jovem atleta. Na escola a sua matéria preferida é o português e a que menos gosta é a matemática. "Sempre gostei de português, mas fazer conta não é comigo", resumiu.
 
Na prova feminina com barreiras, a vencedora foi Barbara Rodrigues da Cunha, da Escola Municipal Maria de Magalhães Pinto (MG), venceu os 80m com barreiras, com 12s45. Ex-ginasta, Barbara sempre gostou de correr e foi descoberta após convite para treinar no Centro de Treinamento Esportivo de Belo Horizonte.
 
"Treino há menos de um ano. Sempre fui muito hiperativa", contou a jovem de 13 anos, que recebeu a medalha de ouro das mãos do medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima. "Receber a medalha do meu ídolo na minha primeira competição nacional é incrível".
 
A medalha de prata nos 80m com barreiras foi para Larissa da Silva Dutra, da escola estadual Nestor Lima (RN), com 12s89, apenas quatro centésimos de segundo a frente da medalhista de bronze, Maria Luisa Pesin, da Escola estadual 9 de Julho (SP).
 
Após as provas finais com barreiras, foram realizadas as semifinais dos 75m rasos e tanto o mato-grossense Eric quanto a mineira Barbara venceram as suas baterias e se classificaram para as finais da prova, que acontecerão na sexta-feira. Vale lembrar que todos os locais de competição dos Jogos Escolares da Juventude têm entrada gratuita ao público.
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa e patrocínio máster da Coca-Cola.
 
Fonte: COB
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla