Ministério do Esporte Daniel Dias conquista o tri do Prêmio Laureus na categoria atletas com deficiência
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Daniel Dias conquista o tri do Prêmio Laureus na categoria atletas com deficiência

 
O nadador paralímpico Daniel Dias conquistou, nesta segunda-feira (18.4), seu terceiro Prêmio Laureus, o Oscar do esporte, de melhor atleta com deficiência do planeta. Os vencedores foram revelados em cerimônia realizada em Berlim, na Alemanha.
 
Daniel Dias já havia sido eleito o melhor paralímpico do mundo em outras duas ocasiões: 2009 e 2013. Em 2016, a vitória veio por causa das oito medalhas (sete de ouro e uma prata) conquistadas no Mundial Paralímpico de Natação, em Glasgow, na Escócia, e dos oito ouros nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá. Ambos os eventos realizados em 2015.
 
“Estou muito feliz por receber pela terceira vez este prêmio. Infelizmente, não pude estar presente, mas agradeço primeiramente a Deus e também à Fundação Laureus por ter votado em mim”, disse Daniel, que foi indicado pela sexta vez à honraria.
 
Daniel não pôde viajar para a Alemanha para receber o prêmio por estar em preparação para o Open Internacional Caixa Loterias de Natação, que acontecerá de sexta a domingo (22 a 24 de abril), no Rio de Janeiro. A competição servirá como evento-teste para os Jogos Paralímpicos Rio 2016.
 
“Daniel Dias é o maior atleta paralímpico brasileiro da história e o prêmio Laureus não poderia vir em melhor momento, na semana do Open Internacional, o evento-teste da natação paralímpica, no Rio. Daniel teve um ano impressionante em 2015 e torcemos para que ele possa brilhar ainda mais nos Jogos Paralímpicos Rio 2016”, disse Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro e vice-presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês).
 
Daniel contou com a concorrência da francesa Marie Bochet (esqui), da chinesa Liu Cuiqing (atletismo), da cubana Omara Durand (atletismo), do sul-africano Pieter Du Preez (atletismo e ciclismo) e do chinês Leung YukWing (bocha).
 
“Ficamos felizes quando soubemos. Faltando pouco menos de cinco meses para os Jogos, vê-lo vencer uma premiação assim mostra o quão bem ele está para os Jogos. A premiação é merecida, já que ele teve uma temporada fantástica com os títulos em Glasgow e em Toronto”, celebrou Leonardo Tomasello, técnico-chefe da natação paralímpica brasileira.
 
Além de Daniel, os atletas paralímpicos brasileiros Clodoaldo Silva (natação) e Alan Fonteles e Terezinha Guilhermina, ambos do atletismo, já foram indicados ao prêmio Laureus. Os vencedores são escolhidos por votação da Laureus World Sports Academy, um júri esportivo qualificado, composto de 55 dos maiores esportistas de todos os tempos.
 
Fonte: CPB
Ascom - Ministério do Esporte
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla