Ministério do Esporte COB e CBV selecionam atletas para seleção brasileira escolar de vôlei de praia
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

COB e CBV selecionam atletas para seleção brasileira escolar de vôlei de praia

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciaram, nesta quarta-feira (28.11), os 24 atletas selecionados para um período de uma semana de aperfeiçoamento no Centro de Treinamento da CBV, em Saquarema, no Rio de Janeiro.  Foram escolhidos 12 atletas de cada gênero, os seis medalhistas no torneio de vôlei de praia das Olimpíadas Escolares Cuiabá 2012 e outros 12 atletas indicados pela CBV que vivenciarão a experiência no início de 2013.

A convocação dos atletas teve o aval da campeã olímpica Jacqueline Silva e de Marcos Albuquerque, técnicos das divisões de base do vôlei de praia na CBV, que vieram a Cuiabá para observar os atletas.

"É um imenso orgulho para o COB e a CBV anunciarem a primeira seleção brasileira escolar de vôlei de praia. Esperamos com isso contribuir para o desenvolvimento da modalidade e para a formação destes promissores atletas. Certamente, estes jovens terão uma experiência diferenciada em Saquarema, em um local que é considerado a fábrica de talentos do nosso vôlei. Esperamos que este intercâmbio renda muitos frutos para o esporte nacional", comentou Edgar Hubner, gerente geral de juventude e infraestrutura do COB e diretor geral das Olimpíadas Escolares Cuiabá 2012.

As atletas escolhidas no feminino foram: Paula Hoffmann e Luisa Domingues, do CEL (RJ); Aline Oliveira e Larissa Rocha, do Expansivo Colégio e Curso (RN); Ana Maria Anacleto e Ana Luiza Mohr, da Escola de Educação Básica Santos Dumont (SC); Tainá Bigi, do Colégio Amadeus (SE); Mikaele Moreira, do Instituto Presbiteriano (TO); Eloisa Sales, do Colégio Fatima (DF); Jaqueline Alves e Letícia Corrêa, da Escola Estadual Alfredo Cardoso (SP); e Mariana Chrisostomo, do Colégio Christus B.S. (CE).

"Essa é uma oportunidade única, que pode abrir muitas portas. A gente sempre treinou muito para chegar aqui. Estou tremendo até agora. Foi uma emoção muito grande, ainda mais pra mim que fui a última a ser escolhida", disse a paulista Letícia Corrêa. A dupla de São Paulo não subiu no pódio, mas fez bela apresentação no torneio, sendo eliminado nas quartas de final pela equipe catarinense por 2 sets a 0, parciais de 21/19 e 21/18.

"Eu nem pensava chegar tão longe na competição. Fui medalha de prata e ainda vou disputar o Campeonato Sul-Americano Escolar do ano que vem. Nem sei como explicar o tamanho da minha felicidade", disse a potiguar Larissa Rocha.

Entre os homens, foram convocados Matheus Domingos e Antonio Almada, do CEL (RJ); Arthur Lanci e Julio Lima, do Colégio Nobel (PR); Nason Duarte e Raul Andrade, do Centro Educacional Atlântico (SE); Francisco Ferreira e Jefferson Coimbra, da Escola de Educação Fundamental e Médio Barbara de Alencar (CE); Claudio Balbino da Silva Junior, da Escola Estadual Maria Emilia Mestrinho (AM); Everson Santos, do Colégio Professor Filomena Quitiba (ES); Ariclenes Costa, da Escola Estadual 19 de Julho (MT); e Otávio Ferreira, da Escola Estadual JBR (MS).


Fonte: COB
Foto: André Mourão/AGIF/COB
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook  

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla