Ministério do Esporte Vida Saudável (VS)
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte
O Programa Esporte e lazer da Cidade (PELC), desenvolvido por intermédio da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), proporcionar a prática de atividades físicas, culturais e de lazer que envolvem todas as faixas etárias e as pessoas portadoras de deficiência, estimula a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias, favorece a pesquisa e a socialização do conhecimento, contribuindo para que o esporte e lazer sejam tratados como políticas e direitos de todos.

Informações: (61) 3217-9658 E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Programa Vida Saudável

 

"É tempo de viver diferente!"

O Brasil vem sofrendo com as inúmeras transformações e consequências de um país em desenvolvimento. Com a tecnologia e a modernidade, passou-se a viver mais, com o desafio de refletir e promover políticas públicas voltadas para qualidade de vida do cidadão idoso ― incluindo aqueles com deficiência – a partir de 60 anos. Nesse sentido e com o objetivo de desenvolver uma proposta de política pública e social, o Ministério do Esporte reconheceu em 2012 o Vida Saudável, até então uma das vertentes do PELC (tipo de núcleo), que se desenvolve por intermédio da Secretaria Nacional de Esporte, Lazer e Inclusão Social (Snelis) e está, atualmente, vinculado aos seguintes departamentos: Departamento de Desenvolvimento e Acompanhamento de Políticas e Programas Intersetoriais de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Dedap) e Departamento de Gestão de Programas de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Degep); e sob a coordenação da CGPEL – Coordenação-Geral de Esporte e Lazer e CGAO-LIES – Coordenação-Geral de Sistemas e Acompanhamento de Programas e Projetos de Inclusão Social.

O Programa Vida Saudável, na sua essência, visa oportunizar a prática de exercícios físicos, atividades culturais e de lazer para o cidadão idoso, estimulando a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias, a pesquisa e a socialização do conhecimento, contribuindo para que o esporte e o lazer sejam tratados como políticas públicas e direitos de todos.

Objetivos

 

  • Nortear ações voltadas para pessoas predominantemente a partir de 60 anos nos núcleos de esporte e lazer;
  • estimular a gestão participativa entre os atores locais direta e indiretamente envolvidos;
  • orientar entidades convenentes para estruturar e conduzir políticas públicas de lazer e de esporte para idosos;
  • promover a formação continuada de agentes sociais de lazer e esporte recreativo, preparados para atender o público idoso;
  • incentivar a organização coletiva de eventos de lazer e esporte recreativo para envolver a população local para além dos núcleos; e
  • reconhecer as qualidades da cultura local na apropriação do direito ao lazer e ao esporte recreativo.

O programa tem o objetivo de democratizar o lazer e o esporte recreativo, priorizando o protagonismo da pessoa que envelhece, na perspectiva da emancipação humana e do desenvolvimento comunitário, valorizando a diversidade cultural local fomentando o respeito à diversidade sexual, étnica e religiosa, implementando e ampliando as ações intersetoriais com ministérios, secretarias estaduais e municipais, instituições de ensino superior e outros setores da sociedade, garantindo a participação de pessoas, predominantemente, a partir de 60 anos, contribuindo para que as políticas de lazer e de esporte recreativo avancem do atual estágio de política de um governo para a dimensão mais ampla de Política de Estado.

 

Os eixos centrais do Programa Vida Saudável são:

1 - Implementação e desenvolvimento de Núcleos de Lazer e Esporte Recreativo, nas diversas regiões brasileiras, com atividades sistemáticas e assistemáticas de lazer e esporte recreativo, no sentido de garantir o direito ao lazer para pessoas idosas (predominantemente, a partir de 60 anos).

2 - Formação continuada de gestores, agentes sociais de lazer e esporte, lideranças comunitárias, legisladores e demais parceiros atuantes na esfera pública, com vistas à formação e implementação de políticas locais para pessoas idosas.

Público-Alvo

 

  • O Programa tem como público-alvo prioritariamente idosos a partir de 60 anos, incluindo pessoas com deficiências em núcleos com atividades de lazer e esporte.

 

Número de Beneficiados:200 pessoas por núcleo VS.

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla