Esporte

Gestão

Esporte passa a contar com Secretaria Nacional voltada ao paradesporto

publicado: 10/03/2020 18h58, última modificação: 11/03/2020 18h33
Anúncio foi feito pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, durante cerimônia de posse do novo secretário especial da área, Marcelo Magalhães

A cerimônia de posse de Marcelo Magalhães como novo secretário especial do Esporte, na tarde desta terça-feira (10.03), em Brasília, foi marcada pelo anúncio de uma novidade na estrutura da Secretaria Especial do Esporte. Em seu discurso de boas-vindas ao novo secretário, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou a criação da Secretaria Nacional do Paradesporto. 

 

Marcelo Magalhães assina o termo de posse ao lado do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. Foto: Francisco Medeiros/ Min. Cidadania

 

“O esporte brasileiro vai ter, sim, uma atenção muito especial. O primeiro anúncio que nós queremos fazer é que você, Marcelo, vai começar já com a Secretaria Nacional do Paradesporto, para que o esporte paralímpico brasileiro tenha espaço fixo na Secretaria Especial do Esporte”, afirmou Onyx Lorenzoni. 

 

Nomeado como secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania no dia 28 de fevereiro, Marcelo Reis Magalhães, 47 anos, tomou posse ao lado de Sérgio Augusto de Queiroz, empossado como secretário especial do Desenvolvimento Social, e de Antônio José Barreto de Araújo Júnior, empossado como secretário Executivo do ministério. 

 

Marcelo Magalhães adiantou que uma de suas metas será trabalhar pela valorização do profissional de educação física no país, com o objetivo de fortalecer o esporte nas escolas e nas universidades. “Acho que a gente deve primeiramente, dentro dessa pasta, fortalecer a imagem do profissional de educação física. Esse será meu grande desafio, porque por anos a gente viu a pirâmide sendo invertida”, afirmou. 

 

» Galeria completa da posse de Marcelo Magalhães, com fotos em alta resolução

 

“A base, o colegial e o universitário deixaram de ser trabalhados. Então, juntamente com a pasta social, esperamos fazer algo relevante e transformador. Talvez essa missão seja muito difícil, mas, com o apoio que tive na minha chegada de pessoas altamente técnicas e que me deram suporte, acho que não teremos problemas se a gente conseguir jogar junto, pensar junto e olhar o futuro de maneira ampla”, prosseguiu Marcelo Magalhães, que ressaltou estar aberto ao diálogo com todos os entes envolvidos no esporte. 

 

“Eu chego com a missão de implementar uma nova plataforma, de maneira sustentável, eficiente e com responsabilidade. A porta do meu gabinete vai estar aberta para quem quiser o diálogo. Vamos trabalhar para fazer algo transformador. A palavra é transformação”. 

 

 

 

Prestígio

Diversas autoridades, como o senador Flávio Bolsonaro e o deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ), além de representantes de várias entidades esportivas, acompanharam a cerimônia de posse dos novos secretários do Ministério da Cidadania.  Entre os representantes de entidades esportivas estiveram o presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho; o vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Marco Antônio La Porta, e o vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Alim Maluf Neto. 

 

A solenidade contou também com a presença do secretário de esporte do Governo do Distrito Federal, Leandro Cruz, além dos secretários que integram a Secretaria Especial do Esporte: Emanuel Rêgo, da Secretaria Nacional de Alto Rendimento (SNEAR); Fabíola Molina, da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS); Luisa Parente, da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD); e Ronaldo Lima dos Santos, da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor (SNFDT). 

 

Foto: Francisco Medeiros/ Min. Cidadania

 

Perfil 

 

Formado em jornalismo pela Universidade Gama Filho (RJ), o fluminense Marcelo Magalhães possui mais de 15 anos de experiência no setor esportivo, tendo atuado como consultor, gestor de carreiras, captador de patrocínios e produtor de conteúdos voltados para múltiplas plataformas midiáticas. 

 

Marcelo trabalhou com atletas consagrados, como Isaquias Queiroz, campeão mundial e dono de três medalhas olímpicas nos Jogos Rio 2016 na canoagem de velocidade; Flávio Canto, medalhista olímpico no judô; o multicampeão do UFC Anderson Silva; a campeã mundial de remo Fabiana Beltrame e as gêmeas do nado artístico Beatriz e Branca Feres. Com eles, Marcelo Magalhães atuava na gestão de carreiras, na captação de patrocínios e no planejamento de marketing, financeiro e operacional. 

 

No campo empresarial, atuou como palestrante e consultor de marcas esportivas de expressividade internacional e foi responsável pela elaboração e montagem do reality show "Spider Life Show", evento multiplataforma com Anderson Silva, em uma série de 13 episódios. Em outra frente, é protagonista no projeto de montagem e gestão da Arena Lagoa Rio, em parceria com a administração municipal e o setor privado. A Arena Rio é um complexo com quadras poliesportivas, parque infantil e espaços de convivência que tem como conceito a ocupação de espaços públicos da capital fluminense com conteúdos gratuitos de lazer, educação, cultura e sustentabilidade. 

 

Recentemente, em 2018 e 2019, foi responsável pela montagem do plano estratégico, comercial e gestão de conteúdo do especial "Gigantes de Nazaré", um convênio entre Brasil e Portugal para produção de programas televisivos sobre surfe nas ondas gigantes da vila portuguesa do distrito de Leiria. O conteúdo teve grande audiência e repercussão no Brasil e em Portugal. 

 

Assessoria de Comunicação 
Ministério da Cidadania