Notícias

Esporte nas férias

Em Parazinho (RN), Brincando com Esporte garante diversão e lazer para integrantes do Bolsa Família

publicado: 07/02/2020 16h37, última modificação: 07/02/2020 16h37
Mais de 80% das crianças e dos adolescentes que participaram das atividades durante o mês de janeiro são de famílias atendidas pelo programa federal

Nem sempre o período de férias escolares era sinônimo de diversão para Joalisson Renan da Silva Borges, de 13 anos. Morador de Parazinho, município de cerca de 5 mil habitantes no interior do Rio Grande do Norte, o jovem costumava passar o mês de janeiro ocioso dentro de casa. Em 2020 foi diferente. Joalisson teve pela primeira vez um período de férias escolares repleto de diversão e de lazer durante as atividades do projeto Brincando com Esporte.

Brincando com Esporte atendeu 200 crianças na cidade. Foto: Divulgação

 

Desenvolvido por meio de parceria entre a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania e a prefeitura municipal de Parazinho, as atividades do Brincando com Esporte tiveram início no dia 6 e seguiram até 31 de janeiro. Com mais de 80% de beneficiados de famílias que recebem o suporte financeiro do programa Bolsa Família, as ações atenderam 200 crianças e jovens, com idade entre seis e 16 anos.

Conheci novos amigos, gostei dos professores, do lanche, do uniforme, das oficinas, além de participar dos esportes"

Joalisson Renan


"Eu ficava em casa sem fazer nada antes do projeto. Achei muito melhor quando começou o Brincando com Esporte. Eu participava de manhã e de tarde. Conheci novos amigos, gostei dos professores, do lanche, do uniforme, das oficinas de dança, além de participar dos esportes", contou Joalisson Renan, que mora com a mãe e dois irmãos. A família é atendida pelo Bolsa Família do Ministério da Cidadania.


O Brincando com Esporte tem a missão de suprir o tempo ocioso de crianças e jovens durante os períodos de férias de forma produtiva e saudável, visando sempre a melhor qualidade de vida para os participantes e gerando cidadania. A cidade foi o terceiro município do Rio Grande do Norte que recebeu uma edição do projeto que envolve esporte, lazer e inclusão social.

 

Crianças participaram de atividades lúdicas durante o período de férias escolares. Foto: Divulgação

 

Com investimento de cerca de R$ 5 milhões da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, o Brincando com Esporte conta com 19 parcerias vigentes, em 19 municípios, com 45 núcleos. Ao todo, são beneficiadas 18 mil crianças e adolescentes.

"Estamos estimulando tanto o poder público municipal quanto estadual para criar oportunidades de diversão, de treinamento e de ocupação dos jovens nos períodos de ociosidade fora de sala de aula. Isso é muito importante, porque é um fator de redução de violência, de consumo de drogas e, principalmente, de melhoria das condições de qualidade de vida e cidadania"

Osmar Terra, ministro da Cidadania

 


Para o ministro da Cidadania, Osmar Terra, iniciativas como essa contribuem para a redução da violência e para o aumento de qualidade de vida dos jovens. "Estamos estimulando tanto o poder público municipal quanto estadual para criar oportunidades de diversão, de treinamento e de ocupação dos jovens nos períodos de ociosidade fora de sala de aula. Isso é muito importante, porque é um fator de redução de violência, de consumo de drogas e, principalmente, de melhoria das condições de qualidade de vida e cidadania", ressaltou.


Além de proporcionar diversão e lazer, o projeto serviu em Parazinho como oportunidade para os jovens terem uma vivência social, criar novos círculos de amizades e afastar os pequenos do isolamento social que por vezes surge do uso intenso de celular, videogame e televisão.

 

Fotos: Divulgação


"Foi algo único para a cidade e que vai ficar marcado na história do município. A nossa cidade é pequena e receber esse evento ficará registrado na memória das crianças. Toda a experiência foi rica, principalmente no quesito de gestão de projeto. Tanto a equipe da prefeitura, da Secretaria de Educação e os voluntários da sociedade civil, que participaram do projeto, puderam viver a experiência rica do esporte, de lazer, da cultura e de desenvolvimento cognitivo e motora das crianças", explicou o coordenador do projeto no município, Felipe Xavier Cerino.


As crianças tiveram a oportunidade de praticar basquete, vôlei, futsal, handebol, futebol, pular corda, bambolê, jogo de damas, xadrez, danças, músicas, pinturas e criação de brinquedos. As atividades contaram também com equipe multidisciplinar, com enfermeiras, conselheiros tutelares, monitores e professores.


O Brincando com Esporte se apropriou também de espaços públicos que não estavam sendo utilizados na cidade. Assim, eles utilizaram o Ginásio Poliesportivo Tarcísio Maia, na escola do ensino fundamental Tancredo de Almeida Neves, sede do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), o campo Society e o Estádio Municipal Manuelzão.


Segundo o coordenador, as atividades deram um novo significado para os espaços esportivos do município. "As crianças puderam se apropriar dos espaços e mudaram a visão em relação aos locais, não mais como estruturas vazias", finalizou.


A surpresa ficou para última semana de atividades. As crianças e jovens participaram de passeios turísticos na capital potiguar. Elas conheceram a Arena das Dunas, que recebeu os jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014, além do Parque das Dunas e do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (base de força aérea brasileira).


Por Breno Barros

Assessoria de Comunicação

Ministério da Cidadania
(61) 3217.1875
www.esporte.gov.br/imprensa